BNDES: Mei pode conseguir empréstimo de até R$ 20 mil. Veja como

Será possível obter recursos para capital de giro e investimentos como obras civis, aquisição de máquinas e equipamentos novos ou usados, e compra de insumos e materiais

O microempreendedor individual (MEI) pode conseguir um impulso financeiro para sua empresa através de uma linha de crédito oferecida pelo BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento). O banco também irá beneficiar o pequeno empreendedor, será possível conseguir um empréstimo de até R$ 20 mil.

De acordo com a instituição, será possível obter recursos para capital de giro e investimentos como obras civis, aquisição de máquinas e equipamentos novos ou usados, e compra de insumos e materiais.

O BNDES não irá exigir garantias reais para conceder o empréstimo. Isso porque, a maioria das transações tem como garantia o aval solidário.

Levando em conta que a taxa de juros não poderá ultrapassar os 4% ao mês, considerando os encargos, será possível fazer uma negociação entre o agente operador e o cliente. Mas fique atento, já que a taxa administrativa, por sua vez, poderá ser cobrada pelo agente operador no ato da abertura de crédito, não excedendo 3% sobre o valor financiado.

Quem pode solicitar o empréstimo do BNDES?

As pessoas físicas e jurídicas empreendedoras vão poder ter acesso ao BNDES Microcrédito, desde que estejam em plena atividade produtiva de pequeno porte, com uma receita bruta igual ou inferior a R$ 360 mil em cada ano-calendário.  

Como pedir o BNDES Microcrédito?

Para você solicitar o microcrédito deverá enviar o seu pedido pelo Canal MPME, dirigir-se ao agente operador do BNDES Microcrédito ou consultar as instituições financeiras que oferecem redes próprias de agentes operadores de microcrédito.

Cartão BNDES

Uma outra oportunidade além do empréstimo, é a chance de você conseguir o cartão de crédito. Segundo o BNDES é uma solução financeira para ajudar muitos MEIs espalhados pelo Brasil. Esse tipo de cartão é destinado apenas para micro, pequenas e médias empresas e empresários individuais.

Exigências para ter cartão:

Limite de crédito de até R$ 2 milhões para cada cliente, por banco emissor.

Prazo de parcelamento de 3 a 48 meses.

Taxa de juros pré-fixada (em fevereiro de 2022 está em 1.46% a.m.)

Os bancos são autorizados a cobrar a TAC (Tarifa de Abertura de Crédito) na emissão do Cartão BNDES, desde que o valor não exceda 2% do limite de crédito concedido.

Vai depender da análise do agente operador a possibilidade de concessão de crédito e as condições do financiamento.

Para que o empreendedor não seja enganado, o BNDES tem alertado que não credencia nem indica consultores (pessoas físicas ou jurídicas) como intermediários para facilitar, agilizar ou aprovar operações de crédito. Consultores eventualmente contratados não possuem qualquer influência na aprovação de financiamentos da instituição.

Como solicitar o cartão?

Para o MEI pedir o cartão de crédito do BNDES, precisará acessar o Portal de Operações do Cartão BNDES, escolher a opção “Solicite seu Cartão BNDES”, preencher o formulário eletrônico e em seguida clicar na opção “Enviar”. Depois, deve se dirigir ao banco comercial emissor do Cartão BNDES, onde sua empresa possui conta jurídica, levando a documentação necessária.

Empresas não correntistas poderão solicitar o Cartão BNDES, por meio do site www.cartaobndes.gov.br, enquanto providenciam a abertura de conta corrente no banco credenciado de sua preferência.

Comentários estão fechados.