Calendário de R$ 300 do Auxílio deve ser liberado nesta segunda

0

O ministro Onyx Lorenzoni confirmou a liberação do novo calendário do auxílio emergencial de R$ 300 para inscritos no site, aplicativo e CadÚnico para esta segunda-feira, 28 de setembro. A previsão é que o pagamento comece a acontecer ainda este mês.

De acordo com a declaração do ministro “a gente pretende, no máximo até segunda-feira, fazer a publicação. Desde o início a gente sempre manteve o cronograma do Bolsa Família porque são 14 milhões e 274 mil famílias que são as famílias mais vulneráveis do Brasil”.

As parcelas de R$ 300 foram anunciadas no mês de agosto entretanto até o momento não há nenhum calendário ou informação sobre as novas datas de pagamento. O único grupo com calendário divulgado foi do Bolsa Família, calendário esse que já se encerra nessa semana o pagamento da sexta parcela.

Auxílio Emergencial

Outro ponto confirmado pelo governo é de que o pagamento das parcelas residuais será automático, não sendo necessário fazer uma nova solicitação para as parcelas residuais. Contudo, um ponto que vai mudar bastante é o recebimento das novas parcelas, onde só vai receber as quatro parcelas quem teve o benefício aprovado em abril, veja como vai ficar:

  • Os beneficiários aprovados em abril para receber a primeira parcela de R$ 600, receberão quatro parcelas de R$ 300, isso porque começam a receber a primeira parcela de R$ 300 ainda em setembro, tendo direito a parcela de setembro, outubro, novembro e dezembro.
  • Os beneficiários aprovados em maio para receber a primeira parcela de R$ 600, receberão três parcelas de R$ 300, isso porque começam a receber a primeira parcela de R$ 300 em outubro, tendo direito a parcela de outubro, novembro e dezembro.
  • Os beneficiários aprovados em junho para receber a primeira parcela de R$ 600, receberão duas parcelas de R$ 300, isso porque começam a receber a primeira parcela de R$ 300 em novembro, tendo direito a parcela de novembro e dezembro.
  • Os beneficiários aprovados em julho para receber a primeira parcela de R$ 600, receberão apenas uma parcela de R$ 300, isso porque começam a receber a primeira parcela de R$ 300 em dezembro, tendo direito somente a parcela de dezembro.

Vale destacar que essa regra não é valida para inscritos do Bolsa Família.