CEO da GameStop, George Sherman, está deixando o cargo, fazendo as ações dispararem

0

É fim de jogo para o CEO da GameStop, George Sherman. A varejista de videogames e apólice de memes anunciou na segunda-feira que George deixará o cargo em 31 de julho, ou antes, se um sucessor for encontrado.

A notícia não é uma grande surpresa, visto que Ryan Cohen, o cofundador e ex-CEO da varejista online de suprimentos para animais de estimação, Chewy (CHWY), vem consolidando seu controle sobre a GameStop.

Ryan, cuja firma RC Ventures possui uma participação de quase 13% na empresa, se tornará o presidente da GameStop (GME) após sua próxima reunião de acionistas no início de junho.

As ações da GameStop subiram mais de 15% no início do trading de segunda-feira.

George Sherman, um veterano executivo de varejo que só é CEO da GameStop desde abril de 2019, herdou um trabalho difícil quando assumiu o cargo, há dois anos.

“Estou muito orgulhoso do que realizamos na GameStop nos últimos dois anos, incluindo durante a difícil pandemia de Covid-19”, disse George em um comunicado.

“Ajudamos a trazer estabilidade e força ao negócio.”

George foi tachado de transformar a GameStop em um momento em que muitas vendas de consoles de jogos estavam em declínio e as pessoas estavam cada vez mais baixando novos jogos em vez de comprá-los nas lojas.

Pouco depois de George ingressar na empresa, ele anunciou planos de fechar até 200 lojas.

“A GameStop agradece a valiosa liderança que George proporcionou ao longo de sua gestão. Ele deu muitos passos decisivos para estabilizar o negócio em tempos difíceis. A empresa está muito mais forte hoje do que quando ele entrou “, disse Ryan em um comunicado.

George Sherman, mostrado em 2013, é o CEO da GameStop desde 2019.
Foto: STEPHANIE KLEIN-DAVIS/THE ROANOKE TIMES/ASSOCIATED PRESS

Mas George nunca teve muita chance de executar seu plano de recuperação.

O início da pandemia Covid-19 em março de 2020 mudou o cenário econômico de todo o setor de varejo. A GameStop foi forçada a fechar temporariamente as lojas.

Entra Ryan Cohen. Ele assumiu uma participação no final de 2020, notícia que empolgou uma revolução de traders no quadro de WallStreetBets do Reddit que acreditavam que Ryan poderia colocar o GameStop de volta nos trilhos.

A GameStop se tornou a apólice essencial do meme em janeiro, quando fãs de mídia social lutaram contra os protetores de fundos que apostavam que a ação cairia.

Os legisladores da sede do Congresso Americano até realizaram audiências sobre o aumento das ações e como ele foi tratado pelo gigante do trading online Robinhood.

As ações da GameStop subiram mais de 700% este ano, embora as ações estejam sendo negociadas quase 70% abaixo da alta infundida pelo Reddit desde o final de janeiro.

Ryan tem assegurado mais controle sobre a GameStop desde que investiu na empresa.

No ano passado, a GameStop contratou vários executivos da Chewy e da Amazon para ajudar a liderar a transformação da empresa em um tipo de varejista online.

A transição está mostrando alguns sinais iniciais de sucesso.

Embora as vendas gerais no trimestre mais recente da GameStop tenham caído 3% em relação ao ano anterior e abaixo das expectativas de Wall Street, as vendas online mais do que dobraram.

O e-commerce agora representa mais de um terço da receita total, diante de apenas 12% no quarto trimestre de 2019.

Conteúdo traduzido da fonte CNN Business por Wesley Carrijo para o Jornal Contábil