Como elaborar a Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido?

0

As Demonstrações das Mutações do Patrimônio Líquido (DMPL) se referem às movimentações do patrimônio líquido da sua empresa, que são registradas durante um período social.

Desta forma, é considerado um relatório mais completo e abrangente, inclusive a formação e utilização das reservas não derivadas do lucro.

Diante de sua importância, essa demonstração é bastante útil para o dia a dia das empresas, sejam elas grandes, médias ou pequenas, pois, através deste relatório o empresário e investidores podem acompanhar o capital corporativo.

Assim, a empresa se torna mais forte no mercado.

Para que você entender melhor, veja quais as principais informações informações devem constar na DMPL: 

  • Saldos desde o início do período;
  • Acréscimo de capital;
  • Ajustes realizados em exercícios passados;
  • Compensações de prejuízos;
  • Distribuição de lucros;
  • Destino do lucro líquido no exercício;
  • Ativos;
  • Capital;
  • Resultado líquido do exercício;
  • Saldos obtidos no final do exercício.

Elaboração

Depois de separar estas informações que constam nas fichas de razão, você irá registrar de forma resumida e coordenada, o capital, a reserva de capital, as reservas de lucro, as reservas de reavaliação, as ações de tesouraria, além dos lucros e prejuízos acumulados no período. 

Então, o próximo passo é estar atento à estrutura da DMPL, pois, será necessário utilizar a técnica de elaboração em uma tabela e uma das contas que formam o patrimônio líquido da empresa deve ser registrada em uma coluna e o resultado total constará na última coluna. 

Feito isso, informe todos os valores, seguindo o modelo de Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido.

Designed by @snowing / freepik
Designed by @snowing / freepik

Ele é dividido em: reservas de capital que se tratam dos saldos de dinheiro como lucros e dividendos, além da reserva de lucro que se refere às reservas formadas a partir do direcionamento dado ao lucro líquido do exercício, que são determinadas tanto pela administração quanto pela assembleia de acionistas. 

Também é preciso relacionar o lucro ou prejuízo acumulado, informando a participação dos acionistas, registrando o lucro mínimo ou prejuízo a que podem ser submetidos.

Agora, veja o passo a passo da elaboração da demonstração de forma bem simples: 

  • Tenha um modelo da DMPL, feito em uma planilha;
  • Informe os dados que mencionamos no texto;
  • Separe todos em linhas;
  • Depois, registre os saldos de abertura nas colunas;
  • Some os valores;
  • Preencha a coluna do valor total que se trata do resultado obtido no período;

Não se esqueça de registrar todas as variações que alteram o patrimônio líquido.

São elas: 

  • Acréscimo pelo lucro ou redução pelo prejuízo líquido;
  • Aumento decorrente da reavaliação de ativos;
  • Aumento ou diminuição por ajuste de anos anteriores;
  • Aumento pelo valor da alienação de partes beneficiárias e bônus subscritos;
  • Aumento por subvenções e doações;
  • Aumento por prêmio recebido em debêntures;
  • Aumento por subscrição e integralização de capital;
  • Diminuição por ações próprias adquiridas ou aumento pela venda das ações;
  • Diminuição por parcelas do lucro apurado;
  • Recebimento de valor superior ao valor nominal da integralização de ações ou o preço de ações emitidas sem valor nominal.

Assim, continue seguindo as orientações abaixo: 

  • Adicione ou subtraia os movimentos financeiros de cada conta,
  • Totalize os valores, calculando por coluna e por linha, 

Para fazer o acompanhamento dessas informações e manter tudo em dia para facilitar a elaboração da demonstração, conte com a ajuda de um contador que possui experiência e irá te orientar sobre todo o procedimento necessário,a  fim de evitar erros.

Além disso, atualmente, vários sites prestam consultoria e disponibilizam sistemas de registro que podem facilitar o acesso aos dados quando for preciso. 

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Por Samara Arruda