Como manter o organismo fortalecido contra Covid e outras doenças

Essa pergunta vem sendo feita desde que se instaurou no mundo a pandemia da Covid 19. Contudo, a resposta para não contrair a doença, ainda é um mistério. A ciência ainda não chegou a uma cura. Apenas as vacinas estão sendo aplicadas, mas mesmo assim não é garantia. Afinal, perdemos muitos entes queridos que já haviam recebido as duas doses.

Então, afinal de contas, o que fazer para aumentar a imunidade? Nesta leitura vamos esclarecer sobre o sistema imunológico e medidas que podem ser tomadas para a prevenção. Acompanhe.

Que medidas devemos adotar?

Normalmente, as pessoas buscam dois caminhos principais: o uso de suplementos e fórmulas com vitaminas ou a alimentação saudável e rica em nutrientes. Esta última opção certamente é melhor, mas entenda que não existe nenhum alimento capaz de produzir milagres. O segredo é a variedade de cores no prato. Isso é possível por meio de uma alimentação com legumes, folhas, cereais, laticínios e carnes. Já os suplementos não devem ser usados sem uma orientação médica. 

Com a pandemia do coronavírus, esse tema ganhou bastante força, mas o que a ciência sabe sobre isso? Vejamos.

O que é sistema imunológico?

Primeiramente, vamos explicar o que é o sistema imunológico. Trata-se de um conjunto de células e órgãos que atuam na proteção do organismo contra infecções. Quando um microorganismo, como o novo coronavírus, invade o corpo e o deixa a pessoa doente, esse sistema entra em ação para combatê-lo e recuperar o bem estar o quanto antes.

Nossa imunidade é um sistema composto por vários mecanismos que precisam estar em equilíbrio para funcionar de maneira eficiente. Por ser tão complexa, é muito difícil estudar isoladamente cada fator que pode interferir no  funcionamento do sistema imune. Entretanto, isso não significa que os cientistas simplesmente não explorem a relação de uma boa imunidade com estilo de vida.

Afinal, o que fazer para aumentar a imunidade?

A melhor forma de você melhorar a imunidade é adotando o estilo de vida mais saudável possível, com uma dieta adequada, hidratação e prática de exercícios físicos. Ou seja, para o bom funcionamento de todo nosso corpo, o sistema imune deve estar sempre preparado para nos proteger das agressões. O primeiro passo para isso é uma alimentação saudável. Assim, os nutrientes são essenciais para a multiplicação e funcionamento completo das células de defesa.

Além disso, devemos evitar coisas que causam danos ao corpo. Estes bons hábitos saudáveis de vida fazem toda a diferença:

  • não fumar;
  • manter um peso corporal adequado;
  • evitar o consumo de bebidas alcoólicas.
  • praticar exercícios físicos regularmente;
  • dormir bem;
  • se prevenir de doenças infecto-contagiosas;
  • momentos de relaxamento e desconexão das notícias e das redes sociais.

E os idosos? Porque correm mais riscos?

Os idosos são mais vulneráveis a doenças infecciosas porque estudos já comprovaram que a nossa resposta imune diminui com o envelhecimento. Além disso, essa faixa etária tem mais chances de desenvolver formas graves e de apresentarem dificuldades para se recuperar.

Por isso, os idosos são um grupo de risco para várias doenças, entre elas a covid-19. Estudos apontam que com a idade, produzimos menos linfócitos que são importantes para nossa imunidade. Por isso, idosos são mais suscetíveis a infecções.

Vitaminas e suplementos ajudam realmente a nos proteger?

Há vitaminas e minerais que são muito importantes para o sistema imunológico, como o zinco e a vitamina C. Com uma alimentação saudável, você terá toda a quantidade deles. Uma grande vantagem: quando você come frutas e vegetais variados, seu corpo ganha também outras substâncias que ajudam a proteger o corpo, mas que não estão presentes nos suplementos. Por isso,  você só deve tomar suplementos ou fórmulas quando seu médico receitar.

Não existe um alimento ou suplemento que cure a covid-19! É muito melhor comer com variedade do que exagerar no limão para ter muita vitamina C. Bem nutrido, seu corpo terá mais força para enfrentar as doenças.

Aliás, vários médicos e estudiosos são da opinião de que suplementos vitamínicos não fazem a menor diferença. Tudo não passa de um mito. A eficácia de manter o organismo resistente está na alimentação e na exposição ao sol para a aquisição de vitamina D. 

Portanto, o essencial para que você mantenha o bom funcionamento do seu corpo é manter hábitos saudáveis. Uma dieta balanceada, a prática regular de exercícios e a adoção de medidas de prevenção de doenças contagiosas. Estes serão os grandes aliados para que seu corpo esteja melhor preparado para combater eventuais doenças.

Comentários estão fechados.