Compreenda como funciona a comunicação interna digital nas empresas

Dos dois últimos anos até o presente momento, o que mais conseguimos observar é que o uso da comunicação interna digital foi acelerado por conta da pandemia

O uso da tecnologia na comunicação chega a 72% das empresas por meio de tecnologia social, como blogs e redes sociais, de acordo com a consultoria McKinsey. A questão é que poucas estão próximas de explorar todo o potencial internamente com ferramentas que colocam toda corporação no radar da transformação digital da Comunicação Interna.

A transformação digital na Comunicação Interna reduz esforços transacionais, melhora a experiência do colaborador com a empresa, suporta a decisão com base em dados e ainda alavanca a mentalidade digital.

Durante o auge da pandemia, as empresas precisaram se adaptar rapidamente a movimentos que antes caminhavam a passos lentos, e a Comunicação Interna foi uma das áreas mais atingidas pela aceleração digital.

Após dois anos, de volta ao trabalho presencial, seja de forma integral ou híbrida, é necessário pensarmos sobre a presença das experiências digitais da Comunicação Interna nessa nova realidade em que estamos vivendo.

A importância da comunicação interna digital nas empresas

Por ser digital, essa modalidade da comunicação interna permite ao gestor da área estar no controle do tempo, um ativo altamente relevante para o engajamento dos colaboradores, considerando que a perda de uma oportunidade de comunicação no “momento quente”, pode acarretar em desestímulo ou, até mesmo, na instalação de uma crise.

A comunicação interna digital também concentra em um mesmo espaço recursos de pesquisa, interação e avaliação, que ajudam a medir em tempo real a repercussão e, se necessário for, promover ajustes na condução de uma campanha para os colaboradores. Como resultado desse esforço está o engajamento do colaborador e, consequentemente, a redução do turnover.

A comunicação interna digital não tem volta: Qual o futuro dela?

Dos dois últimos anos até o presente momento, o que mais conseguimos observar é que o uso da comunicação interna digital foi acelerado por conta da pandemia. Mais empresas começaram a buscar uma solução para alcançar mais colaboradores e entregar a comunicação da melhor forma possível, principalmente para os operacionais que não tinham uma fatia expressiva no planejamento de comunicação interna.

O aperfeiçoamento das funcionalidades das redes sociais corporativas acompanham a necessidade de engajamento das pessoas, simplificam o acesso e garantem segurança de dados.

Daqui para frente, precisamos entender que a comunicação interna digital está criando um movimento crescente, que busca expandir a força da comunicação dentro das empresas com seus colaboradores, principalmente os que estão fora do escritório.

Ela promove uma grande inclusão para o colaborador operacional, que se vê dentro da empresa, fazendo parte daquele grande organismo, e vestindo a camisa. Assim como estimula a inclusão digital, em muitos casos, ao deixar a tecnologia mais acessível ao maior número de pessoas.

*Gabriel Kessler é CGO da startup Dialog

Comentários estão fechados.