Congresso vai votar novo valor do salário mínimo

Atualmente o salário mínimo está em R$ 1.212

Deve ser votado em breve o novo salário mínimo para 2023. Os trabalhadores estão sofrendo com a alta da inflação, o valor de R$ 1.212 não cobre mais metade das necessidades do brasileiro. Os constantes aumentos dos combustíveis, energia e alimentos têm feito o dinheiro evaporar no bolso do cidadão.

Até então, o valor para o ano que vem estava estimado em R$ 1.294, no entanto, no mês de maio, o governo afirmou que o salário para 2023 deve ter um valor em torno de R$ 1.310,17 (aumento de R$ 98,17). o Novo valor vai entrar em vigor em janeiro de 2023.

Porém, o novo salário mínimo só deverá ser confirmado no final de 2022. O Congresso votará, em breve, as linhas principais do projeto sobre a LDO para o ano que vem, que podem sofrer outras alterações.

O INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) é a base para o cálculo de reajuste do piso nacional. Levando em conta o valor necessário que a população necessita para comprar um conjunto de bens no país.

Novo salário mínimo deve ser votado pelo Congresso

O Congresso vai votar o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLN 5/2022), aprovado pela Comissão Mista de Orçamento, que prevê salário mínimo de R$ 1.294, inflação de 3,3% e crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,5% em 2023.

Caso o valor seja aprovado, o teto de gastos será atualizado com base na inflação, que vai gerar uma folga de R$ 108 bilhões para o governo federal. Apesar disso, as contas públicas devem fechar o ano no vermelho, em R$ 65 bilhões, e a dívida pública, que vem caindo desde 2020, deve voltar a crescer.

Segundo o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), atualmente,  o valor ideal para que o trabalhador brasileiro conseguisse suprir todas as despesas pessoais e da sua família deveria ser de R$ 6.394,76, correspondendo a cinco vezes mais do que o valor atual.

Inflação de junho

O IPCA-15 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 ), que mede a prévia da inflação oficial, teve alta de preços de 0,69% em junho deste ano. O percentual é maior que o de maio (0,59%), mas menor que o de junho de 2021 (0,83%). A pesquisa foi divulgada na sexta-feira (24), no Rio de Janeiro, pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O resultado mostra que o IPCA-15 acumula 5,65% no ano e  3,04% no trimestre. O IPCA-15 trimestral também é chamado de IPCA-E.

Segundo o IBGE, no acumulado de 12 meses, o IPCA-15 é de 12,04%, abaixo dos 12,20% acumulados na prévia de maio.

Toda vez que o valor do novo salário mínimo vai ser definido, o governo toma como base o percentual de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) dois anos antes e busca cobrir a variação da inflação do ano anterior.

Comentários estão fechados.