O ramo da contabilidade abrange diversas possibilidades para ingressar no mercado de trabalho, o contador pode se especializar em contabilidade rural que é uma modalidade específica que exige um profissional realmente capaz de entender e atuar atendendo à todas as suas especificidades.

Estratégicas de marketing digital para você aplicar em seu escritório contábil

Com todas as possibilidades que a contabilidade abrange, criamos este conteúdo explicando o que é contabilidade rural, como ela funciona e quais são as melhores maneiras de se especializar e oferecer um serviço diferenciado nessa área.

O que é contabilidade rural?

O próprio nome já diz, é um atendimento voltado para empresários de setores agrícolas, agropecuários, agroindustriais e zootécnicos.

O mercado da contabilidade possui algumas especificidades que distingue dos demais setores da indústria e faz com que seja necessário encontrar um contador especializado para conseguir atender essa diferente realidade.

O contador que optar a atuar nesta área precisará desenvolver algumas habilidades diferenciadas, acompanhar canais estratégicos e atuar de uma forma diferente.

Até por que se trata de um ramo muito deliciado, como: detalhes como clima, mercado e variação do preço dos insumos, que pode gerar a instabilidade e é preciso que o contador esteja pronto para lidar com isso.

O profissional de contabilidade rural precisará criar estratégias diferenciadas de gestão e adoção de medidas para garantir sucesso nos resultados, prever e prevenir possíveis problemas considerando as possíveis variáveis e muito mais.

Quais são as particularidades da contabilidade rural?

A contabilidade rural se dedica ao estudo e atuação com foco no patrimônio rural da avaliação de ativos como terra, equipamentos, caixa, sementes, fertilizantes; passivos, como empréstimos; e o patrimônio líquido dessas empresas.

E por ser tão específicas a contabilidade rural possui alguns termos técnicos mais específicos que precisam ser compreendidos:

A.  Contabilidade rural: É um ramo contábil que se dedica diretamente ao estudo e aplicação de técnicas contábeis em empresas rurais;

B. Empresas rurais: Constituem empreendimentos privados ou públicos, com origem física ou jurídica, que exploram a atividade rural de acordo com os padrões definidos pela lei;

C.Atividade zootécnica: É toda atividade que relaciona a criação de animais para fins comerciais ou industriais;

D.Atividade agrícola: Consiste na exploração do solo para plantio e produção vegetal;

E. Atividades agroindustriais: São aquelas que beneficiam e transformam o produto agrícola, além de modificarem a matéria prima de origem proveniente da atividade zootécnica.

Sendo assim podemos dizer que consistem, em atividades rurais.

1. Pecuária;

2. Agricultura;

3. Venda de rebanhos;

4. Cultivo de florestas;

5. Atividades zootécnicas;

6. Extração e exploração vegetal;

7. Extração e exploração animal;

8. Transformar produtos oriundos vindos de atividade rural;

Ainda dentro das particularidades da contabilidade rural, é necessário se atentar à legislação aplicável nessa área:

  • Código Brasileiro é responsável por regular uma parte das normas vinculadas às atividades rurais;
  • O estatuto da Terra, Lei n.4.504/1964;
  • E a Lei da Política agrícola, Lei n. 8.171/1991.

No caso de empresas, a legislação aplicada dependerá das características de cada negócio e isso significa que, além de atender o Código Brasileiro e as leis que foram pontuadas, é necessário que o contador avalie individualmente a realidade de cada empresa rural para entender como atuar de forma eficiente.

Os registros contábeis na contabilidade rural

Os registros contábeis é uma tarefa muito importante para as empresas e na contabilidade rural não é diferente, portanto, por se tratar de uma realidade muito específica, é necessário entender que as informações são diferenciadas e é primordial que o contador esteja atento a isso.

É preciso respeitar todos os princípios da contabilidade, abordando informações como receita, despesas e custos da empresa.

Sendo assim é necessário que outras informações constam no documento.

Contabilidade Rural

Dentro das atividades animais, temos:

1. Estoque de animais, considerando a idade e qualidade do rebanho;

2. Nascimento dos animais, calculando de acordo com a divisão dos custos acumulados pela quantidade de animais que nasceram no período avaliado;

3. Custos dos animais, sempre atrelados ao valor original do rebanho.

É primordial avaliar também os animais que foram originários de cria, recria ou engorda do rebanho e para avaliar isto é preciso levar em consideração todos os custos que foram gerados para que isso acontecesse.

Ao realizar as contas de estoque, na sessão de ativo circulante, é necessário considerar os animais que são utilizados para reprodução ou produção de produtos derivados, se o animal morrer, é preciso que ele seja lançado no registro contábil, na categoria de despesa operacional.

Esta receita operacional deverá conter informações de ganhos referentes a avaliação de estoques do produto de acordo com o valor do mercado.

Além das atividades animais, existem outras práticas que não possuem essa variável e para esses registros é necessário considerar:

  • Custos indiretos, como culturas temporárias e permanentes;
  • O estoque de produtos agrícolas, onde os custos, benefícios, acondicionamento e armazenagem específicos de cada uma das colheitas são contabilizados;
  • A avaliação de bens, estando atento aos rendimentos provenientes das culturas permanentes ou temporárias e é preciso também avaliar pelo valor original de cada uma, incluindo todos os custos do ciclo operacional;
  • O ativo permanente imobilizado, referente aos custos que trarão benefícios a longo prazo;
  • O ativo circulante, com as informações de despesas com estoque de produtos e custos necessários para a conclusão das safras;
  • Receita operacional, com todos os ganhos relacionados à avaliação do estoque de acordo com o valor de mercado desses produtos;
  • Despesa operacional, com perdas decorrentes referente a atrasos ou caso uma safra seja perdida;
  • Despesas pré-operacionais, que precisam ser amortizadas diretamente na primeira colheita;
  • Imobilizados, onde são considerados os custos que aumentam a vida útil de uma cultura de forma permanente;
  • Ativos da empresa rural, que devem ser incluídas informações relacionadas a custos que são necessários para produção de acordo com as expectativas para a finalização. (Ressaltando que as regras de registros são diferentes de acordo com a realidade de cada empresa rural) e é por isso que o contador precisa conhecer as especificidades de cada uma delas antes de atuar nesse mercado.

O plano de contas da contabilidade rural

Agora que já conhecemos o elenco de contas, o plano de contas da contabilidade rural se trata de um planejamento que ajudará a organizar os negócios de acordo com suas necessidades e particularidades.

Para fazer um bom planejamento é primordial que o empresário rural consiga apresentar todas as informações relevantes e necessárias sobre o negócio para que administração seja feita da melhor maneira possível.

É preciso compreender quais são as normas legais que são aplicadas àquele negócio, considerando questões contábeis, fiscais e tributárias.

Para a criação do plano de contas rural, é preciso considerar informações sobre passivos, ativos, custos, receitas e as despesas do negócio.

Em cada um desses itens é necessário esclarecer do que se trata, trabalhando com uma comunicação  mais completa e transparente possível.

Recomendamos incluir nos ativos informações como:

1. Rebanhos da empresa;

2. Imóveis da fazenda;

3. Imóveis de residência de funcionários, caso houver;

4. Culturas temporárias;

5. Culturas permanentes;

6. Estoques de sementes; etc.

Quanto mais detalhado for o plano de contas, melhor será a administração do seu negócio.

Como atuar e se destacar nesse mercado

A contabilidade rural possui diversas especificidades e para o contador que decidir caminhar por esse percurso é preciso se atentar às necessidades e características não só do segmento como de cada empresa, mas  organizar as informações de forma clara e , principalmente ter um relacionamento com o cliente para que todos os detalhes estejam claros para os dois lados.

Com uma atuação eficiente e focada é possível encontrar as melhores alternativas de atuação nesta área para conseguir trazer resultados importantes para o negócio.

Para o contador que deseja atuar neste mercado é preciso trabalhar de forma minuciosa estando atento aos detalhes e considerando um bom planejamento econômico.

É primordial estar ciente  que se trata de um universo completamente diferente do padrão e para conseguir sucesso nesta área é necessário que esteja disposto a ter uma rotina de estudos, pesquisa e atualização constante.

Um ponto importante é que para fazer a diferença é preciso ter um bom relacionamento com o cliente, pois, quanto melhor e mais transparente  ele for, maiores serão as chances de sucesso.

DICA EXTRA JORNAL CONTÁBIL: Imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

O nosso parceiro Viver de Contabilidade criou um programa completo que ensina tudo que um contador precisa saber no dia a dia, Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa da Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.