Está vem vigor desde o dia 29 de junho o calendário do saque emergencial do FGTS (Fundo de Garantia). Os nascidos nos meses de janeiro, fevereiro, março e abril já podem resgatar o saldo que pode chegar até R$ 1.045.

Entretanto muitos brasileiros ainda estão com dúvidas relacionadas a solicitar ou não o dinheiro e deixar o saldo acumulando, para um uso mais apropriado no futuro, ou em momentos com maior urgência, como no caso de uma possível demissão.

Independente da decisão, é preciso ficar atento as datas para liberação do fundo, o governo já deu o prazo máximo para resgatar o saldo que será até o dia 31 de dezembro desse ano.

O funcionamento do saque emergencial é bem simples, caso o trabalhador não movimente a poupança social digital até o dia 30 de novembro, o saldo do FGTS que estará disponível, retornará automaticamente ao fundo, sem qualquer tipo de perda de valor. Se após o dia 30 de novembro o cidadão optar pelo saque, o mesmo até até o dia 31 de dezembro para solicitar o fundo no aplicativo do FGTS.

serasa limpa nome

Como resgatar o saldo?

O pagamento do saque emergencial do FGTS é realizado exclusivamente pela poupança social digital que é aberta automaticamente pela Caixa, onde é possível acessar o saldo através do aplicativo Caixa Tem. Esse meio oferece várias alternativas que acabam tornando o saque em dinheiro não tem necessário. Pelo Caixa Tem é possível pagar contas, boletos, fazer compras online através do cartão de débito digital, fazer compras presenciais pelo QR Code entre outras.

A partir da data de liberação dos recursos para saque e transferência, que também segue calendário de acordo com o mês de nascimento, os trabalhadores vão poder transferir o dinheiro para contas em qualquer banco, sem cobrança de taxas.

O saque em espécie poderá ser feito nos terminais de autoatendimento da Caixa e casas lotéricas, utilizando o código gerado no app Caixa Tem.

Possibilidade de antecipação do saldo

Os brasileiros estão recebendo o FGTS emergencial por meio das contas poupanças digitais, criadas pela Caixa. Inicialmente, as datas para o depósito não permitem que o usuário saque ou faça transferência do valor. Para isso, existe a possibilidade de conseguir o acesso ao dinheiro de forma mais rápida: os bancos digitais. Com essa opção, o usuário consegue sacar o dinheiro entre 1 e 2 dias úteis.

Mercado Pago

O primeiro passo é acessar o app Caixa Tem; Selecione a opção “Cartão de Débito Virtual”; Utilize uma caneta e papel e anote os dados do cartão. Não se esqueça de gerar um código de segurança a cada transação; Em seguida, abra o app do Mercado Pago; Clique na opção “Adicionar dinheiro”; Depois, selecione a função “Cartão Virtual Caixa”; Informe o valor que deseja transferir; Por fim, digite os dados do cartão virtual anotados anteriormente e confirme o depósito.

Nubank

No Nubank, os passos são menores e o procedimento é mais simples. Veja: Primeiramente, abra o app Nubank; Clique em “Depositar”; Vá na opção “Gerar um boleto de depósito”; Insira o valor que deseja transferir e toque em “Concluir”. Em seguira, anote o código do boleto gerado e pague-o no app Caixa Tem.

Pic Pay

Na primeira etapa é preciso acessar o app PicPay; Em seguida, vá na opção “Sua carteira”; Depois, selecione adicionar “Dinheiro”; Toque na opção “Cartão de Débito Virtual Elo”; Cadastre o cartão de débito virtual ELO; Informe o valor que deseja transferir; Por fim, confirme a transferência dos recursos. Lembre-se o código de verificação muda a cada transação.

É preciso lembrar que, depois de transferir o dinheiro, ele poderá ser sacado em caixas 24 Horas. Caso você não tenha necessidade de ter o dinheiro em mãos, saiba que é possível utilizá-lo, mesmo nas contas poupanças digitais.