Diferenças entre geada negra e geada branca

O que é a geada?

Geada é o congelamento do orvalho sobre qualquer superfície. A camada de gelo que se forma danifica a pintura dos carros e outros metais e queima a vegetação, podendo causar grandes prejuízos para a agricultura e pecuária dependendo de sua intensidade e frequência de ocorrência.

A geada é um fenômeno associado ao forte resfriamento do ar e do solo e por isso a época mais comum de ocorrência no centro-sul do Brasil é durante o outono e o inverno. Porém,  o fenômeno pode ocorre em qualquer lugar e em qualquer época do ano, desde que as condições atmosféricas sejam adequadas.

geada branca é a mais comum e, quando acontece com moderada a forte intensidade, deixa os gramados e os capôs dos carros branquinhos. Este é um fenômeno típico de noites calmas, com vento fraco, com pouca ou nenhuma nebulosidade no céu. Pode gear em cidades litorâneas, mas não na areia da praia.

geada branca derrete pouco a pouco com o calor do sol. Quando há muita geada, numa grande área, o derretimento pelo sol cria uma paisagem esfumaçada, como se muitas chaminés estivessem soltando fumaça.  Telhados e gramados ficam enfumaçados.

O que é geada negra?

geada negra é a queima da vegetação por ação de ventos frios muito fortes. Pode ocorrer mesmo durante o dia.  É um fenômeno pouco comum associado com a ocorrência de ventos moderados a fortes e muito frios provocados pela chegada de fortes massas frias de origem polar. Quando ocorre a geada negra, a vegetação fica escurecida, com aspecto queimado. A geada negra é muito mais danosa do que a geada branca, pois queima a seiva no interior das plantas, o que impede a sobrevivência da planta. 

Onde ocorre geada no Brasil?

No Brasil, a geada branca um fenômeno muito comum no Sul do Brasil. Pode ocorrer várias vezes no período de outono-inverno. Estados como São Paulo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Rio De Janeiro também registram eventos de geada com frequência na época do do outono/inverno. Mas a geada pode ocorrer até no verão, desde que as condições atmosféricas sejam adequadas.

Em junho de 2016, durante a passagem de uma massa de polar muito forte sobre o Brasil, a região metropolitana de São Paulo registrou geada por cinco dias consecutivos. Foi uma situação rara!

Fonte: https://www.climatempo.com.br/

Comentários estão fechados.