Empresas nacionais reagem rápido à Pandemia e estão atentas aos negócios

0

As empresas brasileiras não contavam com a proporção do impacto da Covid-19, mas souberam reagir rápido. Neste momento, elas estão preocupadas com seus funcionários, atentas ao encaminhamento da crise e dedicadas à continuidade dos negócios. Essas são algumas das conclusões da “Pesquisa Covid-19: a atuação do Conselho de Administração e do Comitê de Auditoria”, produzida pela KPMG.

De acordo com os dados, em apenas duas semanas a porcentagem de companhias que tinham avaliado os potenciais impactos do vírus aos negócios saltou de 16% para 83%. As que desenvolveram um plano de gerenciamento de crise específico para pandemia evoluíram de 9% para 83%. Os resultados comparam respostas de cerca de 100 conselheiros de administração e membros de comitês de auditoria apresentadas no final de março com respostas anteriormente apresentadas por estes executivos no dia 10 do mesmo mês.

“Diante do rápido desdobramento dos eventos relacionados à pandemia e das enormes implicações do isolamento social para o ambiente de negócios, decidimos realizar esta pesquisa. O objetivo é repetir a iniciativa ao longo da crise, pois acreditamos que a troca de experiências e informações é ainda mais relevante nesse período”, afirma Sidney Ito, CEO do ACI Institute Brasil e sócio-líder de Consultoria em Riscos e Governança Corporativa da KPMG no Brasil e na América do Sul.

A preocupação com os funcionários ficou evidente com o fato de que, entre o dia que precedeu o anúncio da pandemia, 10/3, e as duas semanas subsequentes, a porcentagem de organizações que havia limitado viagens passou de 13% para 84%. O fechamento temporário de escritórios e fábricas saltou de zero para 61% no mesmo período.

empresas

Outro dado relevante é que a maioria das empresas brasileiras não estão recorrendo ao enxugamento de seus quadros. Para manterem o capital de giro, metade delas (51%) estão buscando recursos no caixa existente e um terço (30%) estão renegociando prazos com fornecedores. Além disso, a maioria das respondentes (35%) disse que a empresa em que atua possui mais de seis meses de caixa disponível para despesas e gastos operacionais.

A maioria (73%) dos respondentes atuais disseram que um comitê de crise foi instalado para lidar com os desdobramentos da Covid-19, mas 26% disseram que as empresas em que atuam não o fizeram. No primeiro levantamento, quando questionados sobre medidas da companhia em resposta ao coronavírus, a maioria (46%) disse que, naquele momento, as empresas não haviam feito nada.

No dia 10/3, 58% dos conselheiros e membros de comitês de auditoria ainda não haviam tratado o tema com os gestores da companhia, 22% haviam tratado e 20% não souberam responder. Nesta nova pesquisa, realizada no final de março, a ampla maioria dos respondentes (90%) disseram que trataram do tema com os demais administradores, mas 8,2% não o fizeram e 1,4% não souberam responder.

Setorialmente, o varejo foi apontado como aquele de maior risco de continuidade, com 31% das respostas, embora os dados evidenciem que a pandemia gera preocupações em todos os setores. Quase um terço (28%) dos atuais entrevistados disseram que não veem risco de continuidade para os negócios.

DICA EXTRA  DO JORNAL CONTÁBIL : MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio.  Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar. 

Já imaginou economizar de R$ 50 a R$ 300 todos os meses com contador e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta.

E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio. 

Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

O conteúdo está disponível na íntegra no link – http://assets.kpmg/content/dam/kpmg/br/pdf/2020/04/aci-covid.pdf.

A KPMG é uma rede global de firmas independentes que prestam serviços profissionais de Audit, Tax e Advisory.