Empréstimos com o nome sujo. Veja como pedir

O empréstimo SIM Digital da Caixa ainda pode ser pedido por milhares de brasileiros, incluindo negativados e beneficiários do Auxílio Brasil. 

Ainda em março, a Caixa Econômica Federal em parceria com o Governo Federal disponibilizou uma nova linha de crédito com empréstimos que podem chegar a R$ 3.000. A recente oportunidade integra o Programa de Simplificação do. Microcrédito Digital para Empreendedores (SIM Digital). 

Desta maneira, os empréstimos são direcionados a microempreendedores individuais (MEI) e pessoas físicas que desejam empreender. Um dos grandes atrativos da nova linha, está na possibilidade de solicitar os créditos, mesmo se encontrando na posição negativa nos órgãos de proteção ao crédito (Serasa, SPC, etc.).  

Estar com o nome sujo na praça, infelizmente, é a realidade de muitos brasileiros, sendo este fator um dos motores para liberação dos empréstimos para essa parcela da população. Segundo a Caixa, cerca de 83% das pessoas físicas que contrataram os empréstimos do SIM Digital estavam negativadas, correspondendo a um total de 499 mil contratantes. 

Ademais, cabe salientar que beneficiários do Auxílio Brasil também poderão solicitar os créditos, entretanto, será necessário informar a atividade e seu respectivo rendimento, ainda que não haja um emprego formal. Isto é exigido para análise de liberação dos recursos, dado que a modalidade voltada a quem quer empreender. 

Empréstimos de até R$ 3.000

Na oportunidade, a Caixa disponibiliza empréstimos que vão de R$ 300 a R$ 3.000, de modo que os valores que poderão ser contratados irão variar conforme o perfil do solicitante. 

Isto ocorre, pois, o SIM Digital consiste, basicamente, em duas modalidades de crédito com condições distintas entre elas. Veja como funciona cada uma das operações, a seguir: 

SIM Digital para pessoas físicas

  • Valores que poderão ser contratados: De R$ 300,00 a R$ 1.000,00;
  • Juros: Taxas a partir de 1,95% até 3,60%, ao mês 
  • Parcelamento: de 12 a 24 parcelas mensais; 
  • Requisitos: Não possuir mais de R$ 3 mil em dívidas  (salvo casos de financiamentos habitacionais e limites não utilizados); O propósito do empréstimo deve estar voltado a atividades empreendedoras;  
  • Como solicitar: o empréstimo poderá ser solicitado de maneira 100% digital através do Caixa Tem. A contratação é viabilizada mediante a atualização cadastral no aplicativo.  

SIM Digital para o MEI

  • Valores que poderão ser contratados: De R$ 1.500,00 a R$ 3.000,00;
  • Juros: Taxas a partir de 1,99% até 3,60%, ao mês 
  • Parcelamento: de 18 a 24 parcelas mensais; 
  • Requisitos: Não possuir mais de R$ 3 mil em dívidas  (salvo casos de financiamentos habitacionais e limites não utilizados); Possuir no mínimo 12 meses de atividade como MEI; Ter uma conta PJ junto a Caixa;   
  • Como solicitar: até o momento, a contratação por parte de quem MEI, somente poderá ser realizada em uma agência física da Caixa. 

Documentos necessário para a contratação dos créditos

Por fim, vale ressaltar que no momento de pedir o SIM Digital, o banco exigirá a apresentação de certos documentos. Para quem estiver contratando na condição de pessoa física, basta enviar o RG (Registro Geral) ou a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) pelo Caixa Tem. 

Já no caso do microempreendedor individual (MEI), além dos documentos pessoais e comprovante de residência, será necessário apresentar o Certificado da Condição de Microempreendedor Individual (CCMEI) e DASN SIMEI (declaração que indicará o faturamento anual do empreendedor). Lembrando que o MEI deve ter uma receita bruta de no máximo R$ 81 mil, ao ano.

Comentários estão fechados.