Enquanto as PMEs são açoitadas, vamos lembrar os 10 Maiores Sonegadores do Brasil por Setor


Várias operações foram deflagadas pela Receita Federal nesta semana para receber impostos dos pequenos empresários em atraso com o governo federal.

Parece fácil pegar os pequenos, o difícil vai ser receber, quase 5 milhões de empresas estão negativadas no Serasa, poucas ainda conseguem respirar em um ambiente de crise, sem falar das milhares que foram fechadas em todo o Brasil.

O Brasil do inverso, em que 1% da população são super ricos e o restante apenas sobrevivem.  Com uma carga tributária animalesca e que precisam manter o Brasil vivo, isso mesmo, são estes pequenos empresários que arrecadam boa parte dos impostos, que servem para pagar em dia os funcionários da Receita Federal, deputados, senadores, aposentados e por aí vai… Até quando não sei.

Então para tirar o alvo dos maiores empregadores do Brasil as PMEs, vamos mostrar os grandes devedores, com padrinhos políticos e manobras jurídicas conseguem ficar anos sem pagar seus milhões de impostos.

Fato: Observar a lista dos maiores devedores do governo federal é como entrar numa área VIP frequentada pelas organizações mais poderosas do país. Estão lá, em destaque, colossos como Vale (1ª), Petrobras (3ª), Bradesco (8ª), Gerdau (17ª), Fibria (20ª), Eletropaulo (21ª), Braskem (30ª) e Pão de Açúcar (39ª). Se segmentarmos a dívida, o desfile de nomes vistosos continua. Entre as maiores devedoras do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) figuram JBS (2ª), Bradesco (22ª) e Volkswagen (44ª). Também aparecem na lista entidades governamentais ou ligadas a governos – o INSS cobra valores altos da prefeitura de São Paulo (16ª), da Caixa Econômica Federal (19ª), dos Correios (32ª) e do estado do Rio de Janeiro (35ª).

 

Ricardo de Freitas – Diretor e Jornalista responsável pela Rede Jornal Contábil

 

Please follow and like us:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.