O número total de fusões e aquisições realizadas por empresas de Minas Gerais caíram 22% em 2019 se comparado ao ano anterior. Com uma diminuição de 21 operações em relação ao volume registrado em 2018 (94), o Estado concretizou 73 transações em 2019. Os dados são de pesquisa da KPMG realizada com 43 setores da economia brasileira.

“O 1º trimestre registrou 21 operações, o 2º trimestre teve somente 11 operações, mas o número de operações voltou ao patamar de 21 no 3º trimestre e 20 operações no 4º trimestre”, analisa o sócio da KPMG, Ray Souza.

Em 2019, os setores que mais realizaram fusões e aquisições em Minas Gerais foram os seguintes: tecnologia da informação (11); metalurgia e aço (6); educação (5); companhias de energia (5); alimentos, bebidas e tabaco (4); shopping centers (4); transportes (4); empresas de internet (4); e companhias de serviço (3).


Sobre a KPMG

A KPMG é uma rede global de firmas independentes que prestam serviços profissionais de Audit, Tax e Advisory.