Site icon Jornal Contábil – Contabilidade, MEI , crédito, INSS, Receita Federal

Golpe do Pix: você pode ser a próxima vítima, veja como se proteger

foto: Banco Central do Brasil

foto: Banco Central do Brasil

Com a grande popularidade do Pix, que caiu rapidamente  no gosto dos brasileiros pela facilidade nas transações bancárias, bem como na agilidade de conseguir realizar um pagamento em qualquer hora do dia, mesmo nos finais de semana e feriado.

Tudo que vem de uma certa popularidade acaba atraindo pessoas mal-intencionadas, e com o Pix não foi diferente, e os golpes envolvendo a nova transação estão se tornando cada vez mais comuns na realidade dos brasileiros.

Assim nos encontramos em duas posicionais distintas, uma ferramenta que facilitou e simplificou as transações bancárias, bem como uma ferramenta em que exponencialmente cresce os riscos de fraudes em ambientes digitais.

Foi vitima de um golpe do Pix? Saiba o que fazer

Não sei se o que vou falar agora pode te tranquilizar, mas caso você tenha sido vítima de um golpe envolvendo o Pix, tenha calma, você definitivamente não foi o primeiro.

Assim, caso você tenha sido vitima de um golpe aplicado pelo celular, o recomendado é que você notifique imediatamente o banco, para que a instituição possa realizar medidas adicionais de segurança, como, por exemplo, o próprio bloqueio do aplicativo, ou ainda a alteração da senha de acesso.

Caso você tenha perdido o celular, ou mesmo tenha sido furtado, ou roubado, além de comunicar o banco sobre o acidente para tomar as devidas medidas de segurança, será necessário comunicar a operadora de telefonia para bloquear seu parelho, e também será necessário registrar um Boletim de Ocorrência (B.O), para registrar o ocorrido e ajudar a polícia a investigar a situação.

Fiz um Pix errado, e agora?

Em caso de realizar o Pix errado, a situação é um pouco complicada, pois, como a transferência ocorre de forma instantânea, não é possível da transação ser ressarcida. Logo, diversos golpistas utilizam-se de chaves aleatórias e ligadas a contas abertas com documentos falsos ou ainda de laranjas.

Nesse cenário, não há muito o que fazer, contudo, não deixe que comunicar o banco sobre a conta que recebeu o seu Pix, isso não fará com que o seu dinheiro seja ressarcido, mas servirá de alerta para o banco identificar possíveis fraudadores aplicando golpes.

Sair da versão mobile