INSS: Aposentadoria de 2021 já tem valor estipulado

0

Diante do aumento simbólico do salário mínimo em 2021 que irá de R$ 1.045,00 para R$ 1.067,00, outros pagamentos também serão afetados.

É o caso do valor das aposentadorias e pensões pagas pelos Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no próximo ano.

Portanto, os 35 milhões de segurados da autarquia serão contemplados com um reajuste na marca de 2,10% sobre os benefícios previdenciários a partir do dia 1º de janeiro.

A decisão advém da divulgação do Projeto de Lei Orçamentário (PLOA) para o próximo ano, apresentado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes no início deste mês.

Entretanto, ainda que com o leve aumento mencionado, o piso nacional não terá um ganho real superior à inflação.

Sendo assim, o teto previdenciário social deve ser elevado de R$ 6.101,06 para R$ 6.229,18. 

No entanto, a proposta para o orçamento de 2021 ainda deve ser apreciada pelo Congresso Nacional, possibilitando que haja alterações até dezembro de 2020, tal como, o salário mínimo vigente que, havia sido pelo Governo Federal e, já estava corrigido com base na inflação.

Posteriormente, a equipe econômica alterou a política que dispõe sobre os aumentos reais, implementado pela gestão atual. 

Deste modo, o Governo Federal alterou a política de ganhos reais instalada pela ex-presidente Dilma Rousseff, e aprovada pelo Congresso Nacional na ocasião.

A medida sobre os reajustes perante a inflação e variações do Produto Interno Bruto (PIB), esteve vigente entre o período de 2011 a 2019, entretanto, o salário mínimo nunca superou a inflação. 

Em 2017 e 2018 um reajuste foi realizado com base somente na inflação, tendo em vista que houve uma retração do PIB nos últimos anos.

INSS

No sentido de efetivar a equação proposta, somente a inflação foi atribuída à base do cálculo que dispôs sobre o aumento. 

Baixa na projeção 

O percentual inflacionário estimado para este ano foi reduzido para 2,09% pela Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia, baseado no índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

A medida é oriunda da correção anual do salário mínimo, estabelecida pelo Governo Federal.

Portanto caso a previsão seja confirmada e o cálculo não se altere, o reajuste do piso de 2021 também pode ser inferior do que a estimativa inicial.

Sendo assim, se o novo prognóstico para o INPC perante o percentual de 2,09% for confirmado, a correção resultará em um aumento do salário mínimo para cerca de R$ 1.066,84 do mês de janeiro em diante.

A diferença seria de R$ 12,15, ainda assim, menor do que os R$ 1.079,00 mencionados em abril desde ano. 

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Por Laura Alvarenga