INSS oferece novo serviço para entrega de documentação

0

Agora que as agências do INSS (Agência Nacional do Seguro Social) voltou a atender de forma presencial, os segurados que não quiserem enfrentar filas e aglomeração, foi criado um serviço alternativo para a entrega de documentação para concluir a análise do deu pedido, o qual recebeu o nome de Exigência Expressa.

meu inss

O serviço existe desde julho, e foi adotado em razão do atendimento remoto com o surgimento da pandemia em março.

Através do serviço, o segurado vai poder entregar cópia dos documentos em uma urna que fica na entrada da agência do INSS próxima a sua residência. Porém, para utilizar o serviço, é necessário fazer um agendamento prévio, pelo telefone 135, no aplicativo ou site do Meu INSS.

Os papéis que forem depositados na urna serão escaneados e serão inseridos no sistema, para que os servidores do INSS possam dar continuidade ao processo. O andamento do processo poderá ser acompanhado pelo Meu INSS ou telefone 135.

Exigência Expressa

É uma modalidade complementar oferecida pelo INSS para quem precisa cumprir exigências. Quando uma pessoa solicita o benefício ou serviço, durante a análise, é verificada a necessidade de apresentação de documentação adicional para conclusão do processo.

Poderão ser entregues pelo Exigência Expressa cópias dos documentos solicitados pelo INSS para reconhecimento inicial de direito, manutenção ou revisão, tais como entrega de documentos por convocação, cumprimento de exigência entre outros.

Para verificar quais documentos podem estar pendentes, acesse o Meu INSS e clique em “Agendamentos/Solicitações”. Após localizar o processo em exigência, basta clicar nele e, em seguida, no ícone da lupa, no canto superior direito, para detalhar o requerimento.
Sendo que,não será aceita documentação para cumprimento de exigência de requerimento auxílio-doença com documento médico.

Como funciona

Quando você agenda o serviço pelo Meu INSS ou pelo 135 será preciso ter em mãos o número do Protocolo do beneficiário que está em análise e nome e CPF da pessoa que que depositará o envelope na urna. Também no agendamento o segurado fica sabendo quais documentos estão pendentes.

Edição por Jorge Roberto – jornalista do Jornal Contábil