INSS: Quanto a esposa recebe na Pensão por Morte?

0
  • O valor da pensão por morte para o cônjuge ou companheiro se o óbito ocorreu entre a data de 28.6.1997 (Lei n. 9.528/1997), até a data de 12/11/2019 (EC n. 103/2019), será de 100% do valor da aposentadoria que o falecido recebia ou daquela a que teria direito se estivesse aposentado por invalidez na data do óbito.
  • Se óbito ocorreu a partir da EC n. 103/2019 o valor da pensão por morte para esposa será equivalente a uma cota familiar de 50% do valor da aposentadoria recebida pelo falecido ou daquela a que teria direito se fosse aposentado por incapacidade permanente na data do óbito, acrescida de cotas de dez pontos percentuais por dependente, até o máximo de 100%.
  • Por exemplo, o valor da pensão por morte para o cônjuge ou companheiro sem outros dependentes, será de 60%.
  • Agora, se são dois dependentes, o valor da pensão por morte será de 70%, e se três dependentes de 80%, até o limite de 100%.

E se o dependente for inválido ou possuir deficiência intelectual, mental ou grave?

  • Na hipótese de existir dependente inválido ou com deficiência intelectual, mental ou grave, o valor da pensão por morte será equivalente a 100% da aposentadoria recebida pelo falecido ou daquela a que teria direito se fosse aposentado por incapacidade permanente na data do óbito.

Qual o valor da pensão por morte rural?

  • O valor da pensão por morte rural para o segurado especial é de um salário mínimo;
  • O valor da pensão por morte rural para o segurado especial que estiver contribuindo facultativamente o benefício será calculado conforme a pensão para esposa ou companheira urbana.
  • Segurado especial é o trabalhador rural, que trabalha em regime de economia familiar, sem empregados e sem outras fontes de renda (de forma resumida).

O valor da pensão por morte pode ser menor do que o salário mínimo?

  • O valor da pensão não pode ser menor do que um salário mínimo nem maior do que o teto previdenciário.

O valor da pensão vai para a mãe quando o filho completar 21 anos de idade?

  • O valor da pensão não vai ser repassado para a mãe quando o filho completar 21 anos de idade.
  • A reforma da previdência determina que quando o filho completar 21 anos de idade e deixar de ter direito à pensão por morte, a sua parte também deixará de ser paga.
  • Por exemplo, se a mãe e o filho tinham direito a 70% da aposentadoria do falecido, quando o filho completar os 21 anos, a mãe passará a receber 60% da aposentadoria a título de valor da pensão