Livro caixa ou contabilidade? Qual a melhor opção para a sua empresa?

0

De acordo com o At. 1.1779 do código civil, todas as sociedades empresariais são obrigadas a seguir um sistema de contabilidade tenha o balanço patrimonial.

No artigo de hoje vamos esclarecer quais das duas opções é mais vantajosa. Continue conosco e confira! 

Empresas optantes pelo Simples Nacional ou Lucro Presumido

Neste caso há a possibilidade de registrarem suas operações Fisco/Contábeis no Livro Caixa. 

Vantagens sobre a contabilidade 

Registro Contábil

Este oferece todas as informações referentes:

  • Receita;
  • Despesas;
  • Indicadores econômico ou financeiro.

Esses tópicos citados acima ajudam a ter uma visão mais assertiva sobre as decisões tomadas. 

Além oferecer: 

  • Uma flexibilidade maior sobre financiamento e empréstimos;
  • Além de ter presença em licitações;
  • Tendo a vantagem também de requerer Recuperação Judicial, alcançando os benefícios da falência;
  • Tendo uma  possibilidade maior na distribuição de lucros.

Empresas que têm escrituração contábil

Essas empresas conseguem realizar distribuições dos lucros em limitações, no qual também valem para as empresas que optam pelo Lucro Presumido e Simples Nacional. 

Designed by @pressfoto / freepik
Designed by @pressfoto / freepik

O que é Livro Caixa? 

Este é destinado para registrar as entradas e saídas de uma empresa, sendo registrado todos os recebimentos e pagamentos, sendo: 

  • Conta de energia; 
  • Água;
  • Telefonia;
  • Materiais de escritório, etc. 

Para preservar o Livro Caixa é importante ter todos os lançamentos de operações que são referentes a pagamentos e recebimentos. 

Desvantagem para empresas optantes pelos Simples Nacional e Lucro Presumido

Isto se dá na distribuição de lucros, pois, a isenção fica limitada a um percentual do lucro. 

Veja o exemplo abaixo: 

Uma empresa x optante do Simples Nacional teve uma receita de  R $ 200.000,00 (Duzentos mil reais), mas foi escriturado apenas o Livro Caixa: 

  • Portanto, é aplicado o percentual de presunção de lucro que é 32 % sobre o valor da receita do mês, com isto terá um lucro presumido de R $64.000,00 (R $200.00,00 X 32%);
  • Deste valor, será subtraído o valor próprio ao Simples Nacional, relativo apenas ao IRPJ. Vamos imaginar que este valor seja de  R $ 700,00;
  • Com isto vamos ter o valor do Lucro que poderá ser distribuído com isenção, ficando da seguinte forma, R $64.000,00 – R $700,00 = R $63.300,00.
  • Logo somente R $63.300,00 poderá ser distribuído aos sócios sem o pagamento de imposto de renda.  

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Por Laís Oliveira