MEI: Parceria Caixa e Sebrae oferecem créditos para esta categoria de até R $12,5 mil

0

Na matéria de hoje vamos falar sobre esta parceria da Caixa e do Sebrae para financiar o capital de giro e isto vai ocorrer, através do Fundo de Aval para as Micro e Pequenas Empresas (FAMPE).

Continue conosco e fique por dentro do assunto. 

Caixa Econômica Federal 

A Caixa Econômica Federal, em parceria com o Sebrae, estabeleceu um acordo que facilita o acesso ao crédito para as pessoas que optam pelo empreendimento de pequeno porte.

Limite disponível 

Dentre este acordo a categoria do Microempreendedor Individual, poderá contar com o limite disponível de até R $ 12,5 mil;

Acordo 

Este acordo trata-se de uma linha especial para financiamento de capital de giro, já mencionamos acima que o mesmo acontecerá por meio do Fundo de Aval para as Micro e Pequenas Empresas (FAMPE).

No geral as ações contarão com um subsídio de R $7,5 bilhões.

Esta parceria tem o objetivo de reforçar o papel da Caixa como fomentadora de políticas públicas de indução ao crescimento econômico e desenvolvimento do país juntamente com o setor do empreendedorismo, assim como o Sebrae, na função de agente de capacitação e promoção das micro e pequenas empresas.

Acesso à linha de crédito

Para ter acesso a esta linha de crédito é necessário primeiramente a realização do tutorial Sebrae pelo dono do negócio.

O foco é propor meios que vão ajudar no crescimento da empresa. 

Taxas de juros 

Em relação aos limites, isto vai variar de acordo com o modelo de negócio, observe a tabela abaixo:

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
PorteValor Máximo por CNPJCarênciaAmortização após carênciaTaxas de Juros
MEIR$ 12,5 mil9 meses24 meses1,59% a.m
MER$ 75 mil12 meses30 meses1,39% a.m
EPPR$ 125 mil12 meses36 meses1,19% a.m

Uma vez feito o cadastro, juntamente com a capacitação no portal do Sebrae, é necessário que a empresa preencha o formulário de solicitação do crédito da Caixa

Depois disto os negócios que receberam ou possuem acompanhamento pelo Sebrae, poderá fazer jus do pacote de benefícios, que inclui taxa de juros reduzida e amortização depois da carência.

Como fazer a solicitação?

Esta nova linha especial com com prazo e taxas mais flexíveis para o negócio funcionando sem empecilhos. 

O mesmo estará disponível para empreendimentos dos setores da indústria, que está incluindo agroindustriais, serviços e comércio dos respectivos portes:

Lei GeralFaturamento
MEI – Microempreendedores individuaisaté R$ 81 mil
ME  – Microempresasaté R$ 360 mil
EPP – Empresas de Pequeno Portede R$ 360 mil a R$ 4,8 milhões

Requisito 

É possível observar que os CNPJs precisam ter no mínimo 12 meses de faturamento para participar. 

Logo o CPF do solicitante também não haverá restrições, uma vez que as avaliações de  liberação do crédito estão condicionadas às análises de risco da Caixa.

Para mais informações acesse a página FAMPE no site: www.caixa.gov.br

Dica Extra do Jornal Contábil: MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio.  Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar. 

Já imaginou economizar de R$ 50 a R$ 300 todos os meses com toda burocracia, risco de inadimplência e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta.

E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio. 

Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

Por Laís Oliveira