Mercado de Trabalho: 15 dicas fundamentais para quem busca relevância no mercado

0

O consultor de carreiras Ronaldo Cerqueira divulgou uma lista de 15 dicas fundamentais para não ser devorado pelo mercado de trabalho e dar relevância ao currículo e planos profissionais.

Ronaldo tem expertise na assessoria de carreira voltada para o mercado financeiro e é parceiro da Eu Me Banco no Programa Advisor de Alta Performance (PAAP), que integra cinco importantes pilares da formação profissional na área de investimentos: cursos preparatórios para certificações, carreira, prática, acompanhamento com tutores especializados e apoio dos membros do projeto e da equipe Eu Me Banco.

Confira a seguir as dicas do especialista.

1. Entender que concorrente não é quem faz o que faz, mas quem pode fazer seu cliente deixar de querer ou precisar do que você faz.

2. Cada vez mais as funções repetitivas serão reduzidas, logo, invista em cargos que exijam habilidades como criatividade, senso colaborativo, resiliência, proatividade, empatia, autonomia, poder de comunicação, inteligência emocional, entre outras consideradas vitais para o crescimento profissional

3. Aos cargos que exigem as habilidades mencionadas no item anterior, a tecnologia será aliada. Aos que não precisam delas, a tecnologia é uma real ameaça.

4. Os grandes empregos podem vir de pequenos empregadores. Sentimento de pertencimento e oportunidade de crescimento com propósito são frequentes em pequenos players.

5. O mercado financeiro vai além dos bancos. Busque entender tudo sobre os players e tenha a dimensão do quanto o mercado é imenso.

6. Não pense duas vezes antes de começar um curso de inglês, por mais que hoje lhe pareça inútil.

inovação

7. Conhecer os produtos e serviços do mercado financeiro é uma validação para quem está interessado em desenvolver sua carreira no setor.

8. Entenda a fundo os conceitos de fintechstechfinsbigtechs, inteligência artificial (IA), internet das coisas (IoT), open banking e blockchain.

9. O cliente não precisa de um banco, ele precisa de soluções. Ser fundamental na vida do cliente passa pela velha máxima: “Sem entender, não é possível atender o cliente“.

10. Entenda o básico sobre todas as áreas de um banco. Sem entender cada parte da engrenagem, fatalmente você terá dificuldade para compreender as inúmeras mudanças que virão pela frente.

11. Não rejeite oportunidades PJ. CLT e benefícios não podem ser os fatores de escolha por uma ou outra instituição. O mercado financeiro está nesse caminho de forma irreversível.

12. Você não precisa ser expert em TI, mas deve entender como a tecnologia impacta sua carreira, seu banco e a relação com o cliente.

13. Participe de eventos, cursos e tudo que for ligado à inovação, tecnologia, investimentos e banking

14. Esteja aberto e aprenda habilidades para atender a nova realidade do mercado financeiro. Muito provavelmente, o que você aprendeu nos últimos anos será desconstruído.

15. O LinkedIn será a fonte de seus próximos empregos, fato. Pratique o networking enquanto trabalha para contar com ele quando precisar de novas oportunidades no mercado.

E aqui a via é de mão dupla: deve-se não apenas focar em colher oportunidades para si, mas, também, de ajudar colegas sempre que possível.

Por Ronaldo Cerqueira consultor de carreiras