Se você é um microempreendedor individual, mais conhecido como MEI, ou possui uma pequena e média empresa (PME), pode estar enfrentando algumas dificuldades perante aos impactos econômicos causados pela atual pandemia mundial do coronavírus. 

Mas você sabia que, como MEI, pode ter acesso a algumas vantagens, como empréstimos, com condições especiais?

Não? Quer saber o que é microcrédito para MEI, como funciona e se ele pode ser uma solução à crise que você está enfrentando no seu negócio?

Fique tranquilo pois esse texto foi feito pra você, microempreendedor, que está buscando respostas e alternativas para atravessar a atual situação do Covid-19. Vamos lá?

O que é microcrédito?

Como mencionamos acima, um microempreendedor individual pode ter acesso a um tipo de crédito dentro do contexto de microfinanças, ou seja, empréstimos e outros serviços financeiros especializados para empresas que buscam financiamento de pequeno valor.

Portanto, o microcrédito é a concessão de empréstimos de pequeno valor destinado a:

  • microempreendedores formais ou informais
  • empresas com faturamento anual bruto de até R$ 200 mil
  • pessoas física que desejam abrir a própria empresa e que não possuem acesso as demais linhas de crédito. 

O microcrédito oferece acesso simplificado e operações com baixo valor, podendo ser uma excelente opção de captação de recursos de terceiros

Como funciona microcrédito

Agora que você já sabe o que é o microcrédito e a quem ele é destinado, explicamos como ele funciona. 

Caracteristicas do microcrédito para MEI

Em resumo, as principais características do microcrédito para MEI consistem em:

  • Taxas de baixo custo
  • Concessão de crédito ágil 
  • Ação econômica com forte impacto social na comunidade

Além dessas características o microcrédito tem a concessão assistida, isto é, os agentes de crédito da instituição financeira escolhida vai até o local onde o trabalhador exerce uma atividade produtiva, para avaliar suas condições, possibilidade de expansão, reais necessidades do financiamento e condições de pagamentos.

Desta maneira a instituição garante uma maior segurança no momento do empréstimo e diminui o risco de o empreendedor contrair uma dívida que não possa pagar. 

Além disso, caso o crédito seja aprovado esse profissional passa a acompanhar a evolução do negócio e a fornecer orientações para manter a empresa saudável caso necessário. Parece uma otima opcao para um período de crise econômica, não é mesmo?

MEI

Requisitos para contratação do microcrédito para MEI

Os requisitos necessários para contratar o serviço de microcrédito podem variar de acordo com a instituição financeira escolhida para o empréstimo, porém citamos abaixo os requisitos mais comuns:

  • Ser maior de 18 anos;
  • Estar dentro do grupo de empresários ou pessoa física citados anteriormente;
  • Solicitar empréstimo de até R$ 21 mil (confira os limites estipulados na instituição financeira);
  • Ser aprovado na análise socioeconômica de sua condição financeira e situação do seu empreendimento, ou na concessão assistida;
  • O valor liberado de empréstimo depende da capacidade de pagamento, porte do negócio e sua necessidade;

Dentre algumas instituições financeiras, bancos e cooperativas que oferecem esse tipo de empréstimo estão a Caixa Econômica, o Banco do Brasil e o BNDES através de outras instituições.

Mas, afinal, o microcrédito pode ajudar você em meio à crise do Coronavírus?

Como pode perceber, o microcrédito para MEI, ou empréstimo para o microempreendedor individual tem algumas vantagens e condições especiais que podem ser utilizadas a seu favor e que merecem destaque, tais como:

  • Não é necessário apresentar uma garantia real, apenas um aval solidário, que pode ser formado por outros empreendedores clientes do banco por exemplo, que concedem o empréstimo ao microempreendedor;
  • Linha de crédito que varia conforme as atividades do empreendimento;
  • Prazos menores com taxas mais justas;
  • Menor burocracia e crédito mais rapido para voce usufruir.

Perante todas essas vantagens oferecidas pelo microcrédito, aproveitá-las para atravessar a atual crise econômica do Covid-19 pode ser uma ótima alternativa para a sua empresa. 

O microcrédito para MEI pode sim te ajudar neste momento já que muitas condições são facilitadas e criadas especialmente para pequenas e médias empresas. Porém, antes de tomar uma decisão e buscar as instituições financeiras mais adequadas, certifique-se de que algumas medidas sejam tomadas. 

Conheça algumas dicas de gestão de crise que podem garantir uma melhor estratégia para a sua empresa evitando gastos indesejados. Veja abaixo:

1. Faça um planejamento antes de solicitar o microcrédito 

Coloque no papel todo o seu planejamento: analise com calma os motivos para a solicitação do empréstimo, avalie se existem alternativas aos atuais problemas e saiba qual será a destinação dos recursos.

2. Busque soluções criadas para a crise econômica do coronavírus

Já parou para pensar que como você muitas outras empresas também estão passando por dificuldades, e perante a situação econômica do país, possam existir outras soluções oferecidas pelo governo? 

Depois de avaliar a situação interna da sua empresa e concluir o seu planejamento estratégico está na hora de avaliar as condições externas, portanto busque se informar.

3. Se prepare antecipadamente para a solicitação do microcrédito para MEI

Se o microcrédito para MEI for a melhor opção para a sua empresa, tenha em mente que as instituições financeiras poderão solicitar uma concessão assistida e você deverá estar preparado para apresentar além da sua empresa, o seu planejamento e suas intenções. Assim como outros documentos e comprovante de renda. 

DICA EXTRA: MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio

Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar. Já imaginou economizar de R$ 50 a R$ 300 todos os meses com contador e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta. E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana.

Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio. Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!



Com informações Gyra +