Moderna recebe impulso na produção de vacinas com o auxílio da Sanofi

0

A gigante da indústria farmacêutica francesa, Sanofi, concordou em ajudar a fabricante da Moderna com cerca de 200 milhões de doses de sua vacina contra o Covid-19 nos EUA, anunciou a empresa na segunda-feira, removendo um impedimento importante na cadeia de abastecimento da Moderna que aumentará os suprimentos dos EUA até 2022.

Principais Fatores

  • A Sanofi ajudará a Moderna a encher frascos e embalar, um processo conhecido como “fill and finish” (encher e terminar), em sua fábrica em Nova Jersey, anunciou a empresa na segunda-feira.
  • A Moderna reconheceu anteriormente que sua capacidade de encher frascos é um fator limitante em sua linha de produção, contribuindo para que a Administração de Alimentos e Medicamentos lhe permita enviar mais doses por frasco.
  • Com o trabalho da Sanofi previsto para começar em setembro, meses após a meta do presidente Biden de poder oferecer uma vacina a todos os adultos, não está claro para onde irão as doses adicionais, embora seja possível que as doses sejam destinadas a crianças, doses de reforço ou novas variantes do vírus.
  • Paul Hudson, o presidente-executivo da Sanofi, deu crédito à administração Biden pelo negócio, acrescentando que durante a pandemia a empresa tem se “mobilizado em várias frentes” e mostrado “solidariedade em toda a indústria”.
Designed by @pressfoto / Freepik
Designed by @pressfoto / Freepik

Grande Número

300 milhões. É quantas doses da vacina da Moderna os Estados Unidos encomendou.

A ordem deve ser cumprida no final de julho, tornando as injeções auxiliadas pela Sanofi um acréscimo.

Entre junho e agosto, o Centro de Inovação em Saúde Global da Duke estima que os EUA, que encomendou vacinas suficientes para imunizar todos várias vezes, já terá um excedente de centenas de milhões de doses de vacinas de vários tipos.

Cenário Principal

Esta é a terceira parceria que a Sanofi faz para apoiar o esforço de fabricação de vacinas de outra empresa, tendo já concordado em ajudar a BioNTech a produzir 125 milhões de doses na União Europeia e a Johnson & Johnson 12 milhões de doses por mês na França.

Além de apoiar outros, a Sanofi está buscando de modo ativo duas vacinas próprias, uma utilizando a mesma tecnologia da vacina da Moderna e a outra contando com a mesma tecnologia das vacinas contra a gripe.

Os maus resultados dos primeiros ensaios clínicos levaram a Sanofi a atrasar o desenvolvimento da última vacina.

Conteúdo traduzido da fonte Forbes por Wesley Carrijo para o Jornal Contábil