A Polícia Federal descobriu uma nova modalidade de fraude que envolve declarações de imposto de renda. Os criminosos atuam para embolsar restituições superfaturadas e usam documentos de terceiros comprando linhas de telefonia móvel.

Segundo a coluna Radar Online, da revista Veja, o golpe é aplicado por meio da internet disponível a essas linhas. Os golpistas enviam as declarações falsas à Receita e, como a operação é feita por celular, que está em nome de uma vítima e pode ser descartado a qualquer momento, a prática dificulta a identificação dos criminosos.

O crime também atinge o sujeito cujo documento foi usado pelos bandidos.

Comente

Comentários

Deixe uma Dúvida