Você sabe quais são os principais impostos para pequenas empresas? É importante estudar bem cada um dos tributos para garantir que você não seja pego de surpresa com algum gasto extra.

Neste post, você vai ver quais são os principais impostos para pequenas empresas, como cada tributo impacta o seu bolso e qual é o melhor regime tributário para o seu negócio. Preparado? Então, vamos lá!


Qual é o melhor regime tributário para o seu negócio?

O regime tributário diz respeito a qual é o enquadramento da sua empresa em relação aos impostos, isto é, como eles vão ser pagos. A escolha certa costuma reduzir ou facilitar o pagamento.

Existem três modalidades: Simples Nacional, Lucro Real e Lucro Presumido. O Simples Nacional é o mais indicado para PMEs, já que os tributos são recolhidos de maneira simples e unificada no DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional).

Já no Lucro Presumido, o cálculo é feito com base em uma média de lucro das empresas que atuam na mesma categoria. No Lucro Real, os impostos correspondem ao lucro específico da empresa.

Quais são os principais impostos para pequenas empresas?

A legislação tributária do Brasil nem sempre é fácil de entender. Por isso, fizemos uma lista de quais são os principais impostos que as pequenas empresas têm que pagar. Confira:

ICMS

ICMS, ou Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços, é voltado às várias formas de circulação, fornecimento e prestação de serviços, tendo uma alíquota específica para cada estado.

IRPJ

O IRPJ, ou Imposto de Renda para Pessoa Jurídica, é voltado para todo tipo de empresa, calculado em relação ao faturamento anual, ou seja, dos 12 meses anteriores. O valor varia de acordo com o regime tributário.


PIS/PASEP

O PIS, ou Programa de Integração Social, e o PASEP, ou Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público, são voltados ao financiamento de benefícios para trabalhadores de instituições públicas ou da iniciativa privada. As empresas do Simples Nacional são isentas.

COFINS

O COFINS, ou Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social, é voltado ao financiamento dos serviços de assistência e previdência pública. O valor varia de acordo com o regime tributário.

CSLL

A CSLL, ou Contribuição Social sobre o Lucro Líquido, é voltada para ajudar a financiar a seguridade social, com valores que variam de acordo com o regime tributário e o tipo de instituição.

ISS

O ISS, ou Imposto Sobre Serviços, é voltado para prestadores de serviços em geral, sejam autônomos ou empresas. Os valores variam de acordo com o regime tributário e com o faturamento.

Entender o funcionamento dos impostos para pequenas empresas, como você viu, é essencial para garantir a segurança das finanças do seu negócio. Por isso, é importante realizar um planejamento tributário eficaz, evitando multas e gastos que não caibam no seu bolso.

Lembre-se de sempre declarar os seus gastos e garantir a emissão de notas fiscais no seu negócio, para que o recolhimento de impostos seja feito do jeito certo.

Dica: Atenção você contador ou estudante de contabilidade, conheça nosso treinamento voltado para contadores iniciantes, ensinando na prática procedimentos contábeis que todo contador precisa saber, mas que não se ensina na faculdade.

Tudo que você precisa saber para saber para abrir, alterar e encerrar empresas, além da parte fiscal de empresas do Simples Nacional, Lucro Presumido e MEIs, Contabilidade, Imposto de Renda. Quer saber mais? Então clique aqui e não perca esta oportunidade!

Conteúdo via FREENFe