Polícia Federal descobre grande operação de fraude no INSS

0

A Polícia Federal realizou no mês de setembro, mais uma grande operação que resultou no cumprimento de seis mandados de busca e apreensão, sendo que cinco deles foram em Salvador e um na cidade de Catu.

O trabalho de investigação foi feito em conjunto com a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, uma vez que um servidor do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) estaria envolvido em fraudes contra a Previdência Social.

O profissional atuava em uma agência localizada no bairro das Mercês. 

Diante das investigações, o servidor foi afastado de suas funções, sendo ainda feito o bloqueio de todos os bens dos demais investigados.

O resultado da operação que foi chamada de Contrassenha, estima que foram constatadas fraudes em pelo menos 75 benefícios, o que equivale à um prejuízo de mais de 7,5 milhões.

INSS

De acordo com a Polícia Federal, as investigações mostram que as fraudes vinham sendo realizadas à cerca de três anos – desde 2017. 

Durante este tempo, os investigadores descobriram que o servidor realizava golpes principalmente em processos de aposentadorias, por meio de cálculos de contribuições individuais, o que interfere no pagamento de valores sobre o tempo de contribuição.

Além disso, a PF ressalta que para executar as fraudes, o mesmo possuía apoio de outras pessoas visando  conseguir clientes, além de receber retribuição em dinheiro para manter o esquema criminoso. 

Sendo assim, foram analisadas informações de sua conta bancária onde constam recebimentos que giram em torno de R$ 1,5 milhão.

Desta forma, todos os envolvidos responderão na Justiça por diversas formas de crimes, como por exemplo, o estelionato previdenciário que é previsto quando cometido por servidor do INSS ou por terceiro não beneficiário, que pratica a fraude sendo consumado no pagamento de prestação do benefício indevido, além da inclusão de informações falsos em sistema do INSS, bem como, a corrupção passiva e corrupção ativa, que se refere ao ato de oferecer compensação de forma ilícita e de receber valores indevidos, sendo que esse ato é cometido pelo agente público. 

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.