Qual a importância do Livro Digital para a contabilidade da empresa?

Documento é um dos mais importantes na vida financeira de uma empresa. Entenda.

Assim como na vida financeira da nossa casa onde temos que a receita e as despesas, ou seja, o que entra de dinheiro do nosso salário (receita) e os boletos de pagamento com as contas (despesas), assim também deve ser uma empresa. Todas as operações de receita e despesa que ocorrem na empresa devem ser lançadas em um local específico denominado livro diário.

O livro possui este nome porque ele registra todas as operações diárias que acontecem na empresa, ou seja, o seu lançamento deve ser diário, relacionado às atividades que acontecem no dia respectivo.

Na leitura a seguir, abordaremos o assunto, apresentando a finalidade do livro diário e as suas principais características. Acompanhe.

O que é o Livro Diário?

O Livro Diário é um documento contábil onde os empresários precisam escrever as suas movimentações diárias, conforme determina o Código Civil Brasileiro, e de maior importância, onde são lançadas as operações diárias de uma empresa, conforme dissemos no início desta leitura.

Nele, são registrados todo o débito e crédito que devem ser sempre iguais, sendo a conta débito lançada sempre antes da conta crédito.

O Livro Diário nada mais é do que o local onde se encontram todas as transações de uma empresa. Sendo assim, é necessário que ele atenda determinadas exigências e preencha certas formalidades. Estas formalidades têm a ver com sua apresentação exterior ou com a o que deve ser escrito.

Além disso, uma informação importante é que no Livro Diário, os fatos contábeis precisam ser registrados em ordem cronológica.

Qual a função do Livro Diário?

O Livro Diário é um livro que contém o registro de cada lançamento em ordem cronológica, fato que nos permite compreender a sequência de acontecimentos contábeis das empresas.

Quais informações devem constar no Livro Diário?

Fique atento, pois é importante esclarecer que algumas informações são obrigatórias no seu preenchimento, são elas:

  • Data da operação;
  • Título da conta débito e da conta crédito;
  • Valor do débito e do crédito;
  • Histórico com algumas informações sobre a operação em registro, por exemplo, número de nota fiscal.

Além disso, os Livros Diários precisam seguir uma série de formalidades como:

  • Devem ser encadernados;
  • Cada livro deverá ter uma numeração única organizadas de forma sequencial e cronológica;
  • As suas folhas devem ser numeradas tipograficamente;
  • No caso das empresas, a legislação determina que os livros devem ser autenticados pelas Juntas Comerciais;
  • No caso da Sociedade Simples e da entidade sem fins lucrativos, o livro deverá ser autenticado no cartório de Registro Civil das Pessoas Jurídicas;
  • O livro diário precisa obrigatoriamente de um termo de abertura e encerramento;
  • Precisa ser preenchido em idioma nacional e na moeda corrente do nosso país;
  • Deve individualizar e transmitir com clareza os lançamentos;
  • Precisa seguir uma ordem cronológica de fatos, com dia, mês e ano das informações registradas;
  • Não pode conter intervalos em branco, entrelinhas, borrões, rasuras, emendas, ou transportes para as margens.

Outra informação importante relacionada ao livro diário é o que diz respeito aos termos de abertura e encerramento.

O livro diário deverá conter na primeira e na última página, tipograficamente numeradas, os termos de abertura e de encerramento, em que no termo de abertura deve constar a finalidade do livro, além do número de ordem do mesmo, a quantidade de folhas, o nome da empresa, o local da sede e a data, além do número do CNPJ.

No termo de encerramento deve ser descrita a finalização do livro e qual foi o seu destino, além do número de ordem, número de folhas e a identificação da empresa.

Tanto o termo de abertura quanto o termo de encerramento do livro diário deverão ser assinados pelo empresário ao qual o livro pertence e também pelo profissional habilitado responsável pela sua escrituração.

O Livro Diário pode ser digital?

Com o avanço da tecnologia e dos sistemas informatizados, muito se pergunta a respeito do Livro Diário em formato digital, afinal o Livro Diário pode ser preenchido em formato digital?

Sim. Da mesma forma que o impresso, o formato digital também deve ter os termos de abertura e encerramento, além de seguir a ordem cronológica dos acontecimentos. Por ser em meio digital, há menos chances de erro em sua elaboração. Sem falar que é mais fácil realizar e localizar seus registros. Para isso precisa ser transmitido por meio do SPED – Sistema Público de Escrituração Digital

Com relação à assinatura, ela também é feita de forma digital pelo contador responsável. 

ANA LUZIA RODRIGUES

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Comentários estão fechados.