Quem não sacou O FGTS Emergencial até R$ 1.045 poderá ainda pegar o dinheiro

0

O FGTS emergencial de até R$ 1.045 que ainda não foi sacado pelo trabalhador, ainda poderá ser retirado, o novo prazo vai até 31 de dezembro de 2020.

O saque emergencial do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) foi criado em 2020 como medida de combate aos impactos econômicos da pandemia do novo coronavírus.

aplicativo informal

A liberação foi sendo feita em levas, de acordo com calendário que seguiu o mês de aniversário dos trabalhadores. Num primeiro o momento o dinheiro foi depositado na Poupança social digital da Caixa Econômica Federal, que foi criada atomaticamente e vinculada ao nome do beneficiário.

A Caixa verificou que que cerca de R$ 7,9 bilhões do saque do FGTS que estavam na poupança social digital não foram movimentados.

Sendo assim, o dinheiro voltou para a conta do fundo de garantia de cada trabalhador no dia 30 de novembro, como já era previsto. Entretanto, quem ainda não movimentou o dinheiro, ainda pode acessar o dinheiro, se estiver precisando, dentro do novo prazo que começou nesta segunda-feira (7).

O trabalhador que necessitar do valor, precisará fazer uma nova solicitação pelo aplicativo do FTGS. Logo, o saldo será transferido novamente para a conta digital aberta pela Caixa e ficará disponível para movimentação pelo aplicativo Caixa Tem.

O valor poderá ser utilizado em transações eletrônicas, saque em espécie ou transferência, sem custo, para outras contas. Só depois da solicitação, o trabalhador sabe o valor e a data para o saque do FGTS.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil