Reforma Trabalhista: multa por empregado não registrado

Saiba como será a alteração na multa por empregado não registrado com a reforma trabalhista

Por meio de modificação no texto do Artigo 47 da CLT, a reforma aumentou de 1 salário mínimo para R$ 3.000,00 a multa por empregado não registrado, acrescido de igual valor em cada reincidência.

Deu a louca na Ensino Contábil, cursos de 80 a 110 reais (Saiba Mais)

O novo texto define também situação especial para microempresa ou empresa de pequeno porte, definindo que nesse caso a multa será de R$ 800,00 (Artigo 47, § 1º).

Assim sendo, a “mão” que pune quem possui empregado não registrado se tornou muito mais pesada.

O presente material foi elaborado com fins didáticos e está protegido pela Lei 9.610/98, sendo parte integrante de material destinado a futura publicação. É vedada a sua reprodução ou divulgação: a) sem a autorização tácita ou expressa de seu autor; b) em curso ou disciplina que não tenha o próprio autor, pessoalmente, como professor; c) em tamanho ou formato diferente, ou com qualquer alteração em relação ao texto original; d) com fins lucrativos/especulativos (ressalvada a remuneração da empresa de reprografia autorizada, pelas tarifas correntes).

Por Lucas Marinho

Comente no Facebook

Comentários

Facebook Comments Plugin Powered byVivacity Infotech Pvt. Ltd.

Anúncios

DEIXE UMA RESPOSTA

Coloque seu comentpario
Coloque o seu nome

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.