RG de crianças e adolescentes podem ser solicitados pelo Poupatempo em SP

Em 2021, o Poupatempo fez 424 mil atendimentos para solicitações de carteiras de identidade a pessoas com menos de 18 anos.

O serviço de primeira via do RG para menores de idade pode ser realizado a partir do dia de vida do recém-nascido. 

Em 2021, o Poupatempo fez 424 mil atendimentos para solicitações de carteiras de identidade a pessoas com menos de 18 anos.

Além da presença da mãe, pai ou responsável, para a vacinação infantil contra Covid-19 é exigido um documento de identificação e o RG cumpre esse papel.   

Para ser atendido no Poupatempo, é obrigatório agendar data, horário e posto por meio dos canais digitais: Portal Poupatempo, aplicativo Poupatempo Digital ou totens de autoatendimento para os serviços de RG, que é fornecido pelo pelo Instituto de Identificação Ricardo Gumbleton Daunt (IIRGD), órgão da Polícia Civil de São Paulo, nas mais de 100 unidades do Programa.

Em seguida, basta se dirigir ao posto selecionado com um dos pais ou responsável legal, com documento de identificação com foto, e apresentar a Certidão de Nascimento original e cópia.

Não há taxa para atendimento do primeiro RG, apenas uma taxa opcional de R$ 9,09 para envio via correio. 

 Durante o atendimento, é coletada uma foto, assinatura ou digital, portanto não precisa levar foto ao posto.

O diretor da Prodesp – Empresa de Tecnologia do Estado de São Paulo que administra o programa Poupatempo, Murilo Macedo, afirma que: “O RG é a principal identificação dos brasileiros e garante cidadania à população, pois é necessário para emissão de outros documentos. Para fazer a primeira identidade, não existe idade mínima, e o Poupatempo está pronto para receber bebês, crianças e adolescentes para a realização desse serviço tão importante, de forma prática e rápida”.

Entre as quase 190 opções que os canais eletrônicos do Poupatempo disponibilizam à população, estão funcionalidades da Receita Federal, como a inscrição ou solicitação do CPF, consulta de inscrição, comprovante de inscrição, alteração de dados e regularização do CPF, além de atendimentos de outros órgãos, como o Detran.SP, Instituto de Identificação (IIRGD), CDHU, Sabesp, prefeituras e muitos outros.

Comentários estão fechados.