Saiba como funcionam as obrigações EFD-REINF

0

Toda empresa tem uma rotina onde ela deve cumprir muitas obrigações fiscais relacionadas aos impostos e também manter a regularidade junto ao fisco.

Vamos citar as principais obrigações acessórias, veja: 

  • DEFIS (Declaração de Informações Socioeconômicas e Fiscais); 
  • DASN- SIMEI (Declaração Anual do Simples Nacional – Microempreendedor Individual);
  • DIRF (Declaração de Imposto de Renda Retido na Fonte); 
  • DCTF (Declaração de Débitos Tributários Federais). 

Você sabe o que é REINF? 

Este tipo de obrigação está ligado a um dos módulos do SPED, que quer dizer Sistema Público de Escrituração Digital, o objetivo desses programas é amparar os contadores e empreendedores na hora esclarecer sobre, serviços, pagamentos, contribuições previdenciárias e etc. 

Este sistema exerce sua função em cima da declaração dos eventos com a assinatura de certificado digital, logo quando a declaração é assinada é feita a entrega à Receita Federal. 

O mesmo substituiu informações contidas em outras obrigações acessórias.

Vamos mostrar algumas informações que se destacam na EFD-Reinf

  • Empresas que que prestam à CPRB (Cf. Lei 12.546/2011) (Evento R 2060);
  • Produção e à apuração da contribuição previdenciária substituída pelas agroindústrias e para os outros produtores rurais pessoas jurídica (evento R – 2060);
  • Às Retenções Previdenciárias; 
  • Aos serviços tomados/ prestados mediante cessão de mão de obra ou empreitada (Eventos R – 2010 e R – 2020);
  • Receitas recebidas/ Repassadas para associação desportiva que mantenha equipe de futebol profissional. 
Designed by @lovelyday12 / freepik
Designed by @lovelyday12 / freepik

Quem é obrigado a enviar a EFD-REINF?

O art. 2° da IN 1.701/2017 estipula a obrigatoriedade da EFD REINF à todas as empresas jurídicas, principalmente as imunes e isentas, que contratam e prestam serviços que são realizados mediante cessão de mão de obra e que forem responsáveis pela retenção dos impostos (IR, CSLL, COFINS, PIS/ PASEP e INSS). 

Lembrando que as empresas que têm faturamento inferior a R $78 milhões em 2016 e que não sejam da categoria Simples Nacional, também estão incluídas.

Vamos mostrar como funciona o EFD-REINF

A EFD-Reinf  melhora e facilita o processo de declarações, juntamente com outros módulos do SPED. 

Para você entender melhor se uma pessoa contratar o serviço de uma empresa de construção civil,  no caso trata-se de uma contratação diante de uma cessão de mão de obra.

Portanto, logo o prestador de serviço e o contratante precisa transmitir a EFD à Receita.

Dica Extra do Jornal Contábil: Você gostaria de trabalhar com Departamento Pessoal?

Já percebeu as oportunidades que essa área proporciona?

Conheça o programa completo que ensina todas as etapas do DP, desde entender os Conceitos, Regras, Normas e Leis que regem a área, até as rotinas e procedimentos como Admissão, Demissão, eSocial, FGTS, Férias, 13o Salário e tudo mais que você precisa dominar para atuar na área.

Se você pretende trabalhar com Departamento Pessoal, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um profissional qualificado.

Por Laís Oliveira