Saiba como realizar uma consulta no INSS

0

Depois de anos de trabalho, finalmente, chega a hora da tão esperada aposentadoria. Afinal, após tanta dedicação, todo mundo quer aproveitar o momento para descansar e passar mais tempo com a família.

Contudo, se antes isso era sinônimo de dor de cabeça e estresse, hoje em dia, as evoluções tecnológicas permitiram a agilidade nos pedidos e no acompanhamento dos processos previdenciários. Logo, existem inúmeras facilidades pensadas para darem suporte ao assegurados.

Pensando nisso, neste post, vamos lhe ensinar a como realizar uma consulta no INSS. Saiba que ela é importante para quem precisa se planejar e se manter informado sobre o andamento de cada etapa da sua solicitação.

Por isso, fique atento e continue a sua leitura!

Quais são as alternativas para realizar a consulta no inss?

Primeiramente, vale lembrar que o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é o órgão responsável pela implantação, fiscalização e pagamento da aposentadoria e de outros benefícios sociais dos brasileiros.

Ele é a instituição que juntamente com o Governo Federal realiza a administração das contribuições efetuadas pela população com o intuito de preservar o Regime Previdenciário do país — dados estatísticos da própria autarquia confirmam que são cerca de 30 milhões de beneficiários.

Antigamente, as consultas ao sistema só podiam ser viabilizadas pessoalmente e por meio dos postos espalhados por território nacional. No entanto, essa forma de atendimento tornava as coisas lentas e mais burocratizadas.

Agora, com os processos de modernização, o aposentado pode contar com uma alternativa bem mais rápida e livre de filas cansativas: o acesso pela internet.

Isso quer dizer que para que ele possa ser efetuado é necessário apenas um dispositivo eletrônico e a disponibilização do sinal da rede mundial de computadores. Desse modo, o usuário pode optar tanto pelo atendimento virtual quanto pelo pessoal— Isso dependerá da sua demanda.

O que pode ser feito pela internet?

É importante ressaltar que a página oficial da Previdência Social oferece uma infinidade de recursos. São inúmeros links disponíveis para cada necessidade dos seus usuários, e as opções vão desde o agendamento de uma consulta até o cálculo da Guia da Previdência.

Neste artigo, vamos nos atentar ao acompanhamento do pedido, porém podemos citar que também há a possibilidade de calcular sua contribuição, solicitar um extrato de pagamento, simular valores da aposentadoria, agendar uma perícia médica e encontrar a localização dos postos de atendimento.

Além disso, outros tópicos informativos são encontrados e podem ser acessados para o esclarecimento de dúvidas e outras questões relacionadas ao sistema previdenciário

Qual o passo a passo para efetuar o acesso?

Bom, depois de algumas informações, que tal aprender o passo a passo para conseguir fazer uma consulta no INSS? Vejamos a seguir:

Primeiro Passo

Inicialmente, é preciso acessar o website da instituição. Já na página do Previdência Social escolha o serviço que irá ser utilizado. Nesse caso, faça de acordo com o tipo de processo que deseja consultar.

Segundo Passo

Ao clicar em acompanhar pedido, o internauta é encaminhado para o preenchimento de um formulário. Nesta fase, ele deverá informar o número do benefício, a sua data de nascimento, o nome do titular e o número no Cadastro de Pessoa Física (CPF).

Terceiro Passo

Quando acabar de preencher tudo o que é solicitado digite o texto sugerido para validação dos dados e clique em visualizar. Feito isso e com todas as informações corretas, será possível verificar a situação do auxílio.

Como interpretar as informações na página de consulta?

Puladas todas as etapas até a verificação final da sua pesquisa, é normal que seja direcionado para outra página e encontre como resultado três tipos de classificação do seu benefício. 

Calma! Entendemos que, num primeiro momento, elas possam não lhe dizer muita coisa. Por tal razão, explicaremos cada uma. Acompanhe:

  • Habilitado –  se o resultado da sua pesquisa for esse, significa que todas as documentações relevantes para o processo já foram entregues e estão aguardando uma decisão;
  • Deferido – isso significa que o seu pedido foi aprovado e que você irá receber a sua aposentadoria normalmente;
  • Indeferido – nesta condição, por algum motivo, a sua solicitação foi negada. Mas, ainda é possível resolvê-la com uma ação judicial;
  • Dados divergentes – quando o seu resultado for esse, significa que algum dado inserido não corresponde ao seu cadastro. 

Fique atento!

E se o pedido for por meio judicial? Como o beneficiário deve proceder?

No tópico anterior, vimos que quando um pedido é indeferido existe a alternativa de se recorrer judicialmente. Todavia, para tais casos, a consulta processual ocorre de outra maneira, pois os processos jurídicos contra a previdência são analisados pela Justiça Federal.

Por esse motivo, a pesquisa só pode ser feita pelo site do setor judiciário responsável por cada estado. Assim, visite o da sua respectiva localidade e utilize o método de consulta — ele é praticamente igual para todos os distritos.

Para ter êxito, tenha senha sempre em mãos o número do processo, o nome do titular ou o CPF.

E se houver algum problema durante a sua pesquisa?

Não dá para ignorar que além se ser online e depender de um sistema ativo, o site oficial do INSS possui muitas informações e pode lhe deixar um pouco confuso. É comum que ocorra alguma dificuldade em visualizar o andamento dos processos, assim como, a possibilidade de o próprio sistema estar fora do ar.

Nessas situações, é preciso paciência e conhecimento técnico para descobrir os motivos. Muitas vezes, os erros podem acontecer pelo alto índice de acesso. Outras vezes, por problemas em algum software ou no seu navegador — por falta de compatibilidade com o site, por exemplo.

Sugere-se que além de solicitar a ajuda de alguém que conheça sobre informática também seja utilizada a opção do telefone de contato: o número 135. Quando não puder resolver o transtorno sozinho, essa será uma segunda opção para ajudá-lo a adiantar o atendimento.

E agora, se sente mais seguro em realizar sozinho uma consulta do INSS? Esperamos que nosso texto o tenha ajudado a se familiarizar com o tema e lhe auxiliado a ter mais confiança quando for acompanhar o andamento do seu processo na Previdência Social.

Gostou do post? Achou as informações úteis e interessantes? Compartilhe com seus amigos nas redes sociais! Dúvida com eles essas dicas e ajude-os a se manterem mais informados.

Fonte: Aposentadoria Club

Imagem: Aposentadoria Club

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.