Saiba qual o valor da contribuição de um trabalhador autônomo

0

Diante dos reajustes na Previdência Social, as faixas de contribuição junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para os trabalhadores assalariados, domésticos e avulsos passaram por uma atualização.

Assim, o valor mínimo dos benefícios do INSS, como a aposentadoria, auxílio-doença, pensão por morte, entre outros, ou seja, o piso previdenciário, passará a ser de R$ 1.100,00, para ficar em conformidade com o novo salário mínimo nacional, estipulado para 2021.

Desta forma, o teto dos benefícios previdenciários disponibilizados pelo INSS, será de R$ 6.433,57, sendo que antes era de R$ 6.101,06.

Portanto, as alíquotas aplicadas aos trabalhadores que ganham até um salário mínimo será de 7,5%; para quem recebe entre R$ 1.100,01 até R$ 2.203,48 será de 9%; para aqueles que ganham entre R$ 2.203,49 até R$ 3.305,22 será de 12%; e por fim, as remunerações entre R$ 3.305,23 a R$ 6.433,57 devem pagar uma alíquota de 14%.

Confira a tabela com o salário de contribuição e a respectiva alíquota de recolhimento junto ao INSS.

Salário de contribuição (R$)Alíquota para fins de recolhimento ao INSS
até R$ 1.100,007,5%
de R$ 1.100,01 até R$ 2.203,489%
de R$ 2.203,49 até R$ 3.305,2212%
de R$ 3.305,23 até R$ 6.433,5714%
Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil
Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Plano simplificado

Diante da atualização dos reajustes do INSS, os beneficiários que aderiram ao plano simplificado, devem continuar efetuando o recolhimento mensal de 11%, mas agora, este percentual será aplicado sob o novo salário mínimo, resultando em um desconto de R$ 121,00 a partir do mês de fevereiro.

Este modelo é válido para os contribuintes individuais, aqueles que trabalham por conta própria com diárias, bem como para os segurados facultativos, por exemplo, as donas de casa. 

MEI 

No que se refere à situação dos Microempreendedores Individuais (MEIs), a alíquota aplicada é de 5% sobre o valor do salário mínimo, sendo assim, a mensalidade paga passou de R$ 52,25 para R$ 55,00. 

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Por Laura Alvarenga