Salário mínimo 2022: O valor deve aumentar ainda mais com a alta na inflação.

O reajuste do salário mínimo altera o piso nacional e por isso outros benefícios concedidos pelo governo e pelo INSS também são modificados.

A renda familiar de boa parte das famílias brasileiras tem como base o salário mínimo, nele o mais importante não é o montante em dinheiro visto de forma isolada, mas o poder de compra que ele pode proporcionar aos cidadãos. Há um tempo, para fazermos uma determinada compra era preciso gastar uma certa quantia, hoje com o mesmo valor não conseguimos comprar os mesmos produtos.

Qual é a previsão para o salário mínimo para o próximo ano?

Para que os brasileiros possam manter o seu poder de compra, o salário mínimo é reajustado todos os anos. Conforme o Ministério da Economia, a previsão é que ele chegue a R$1.192,40 no próximo ano.

O valor atual do salário mínimo é de R$1.100,00, ou seja o piso nacional terá um reajuste de R$92,40. Para chegar a essa revisão o Governo Federal se baseia no Índice Nacional de Preços ao Consumidor – INPC, que atualmente é de aproximadamente 8%.

A correção do salário mínimo afeta o piso nacional e em decorrência disso outros benefícios concedidos pelo governo e pelo INSS também são afetados.

Importante:Todos os benefícios pagos pelo governo, são baseados no piso nacional, dessa forma nenhum dos proventos pode ter valor inferior ao salário mínimo em vigor.

O salário mínimo passa por um reajuste ou aumento?

Desde o início do mandato do presidente Jair Bolsonaro, não podemos dizer que o valor do salário mínimo teve aumento. Como foi dito anteriormente, o valor do salário não é determinado pela quantia de dinheiro vista de maneira isolada; mas pelo poder de compra que ela pode proporcionar. Nesses últimos tempos, o valor só passa por reajustes todos os anos, tendo como base o  Índice Nacional de Preços ao Consumidor – INPC. Isso acontece para que o trabalhador não perca o seu poder de compra, assim a economia também não entra em colapso. Quando as pessoas não conseguem comprar, o dinheiro para de circular e a economia é afetada negativamente.

Como era feito o cálculo do salário mínimo em 2018?

Nesse ano, a lei definia que o reajuste do piso nacional deveria considerar o INPC somado ao resultado do PIB (Produto Interno Bruto) de dois anos antes, isso assegurava que os brasileiros teriam ganhos concretos.

Benefícios que serão alterados com o reajuste do salário mínimo

Após o reajuste, os benefícios, como: aposentadorias, pensões, auxílios do INSS e abono salarial PIS/Pasep serão modificados. O cálculo do seguro desemprego e o valor do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS) pago pelo Microempreendedor Individual (MEI) também serão alterados.

Comentários estão fechados.