Senador quer a volta do Congresso para discutir prorrogação do auxílio emergencial

0

Um senador quer uma sessão extraordinária do Congresso Nacional, para que seja votado a prorrogação do auxílio emergencial. O motivo é a continuidade da pandemia de coronavírus e o número persistentemente alto de casos registrados no país.

O senador Alessandro Vieira (Cidadania), apresentou um requerimento de convocação extraordinária, conforme informou o Correio Brasiliense. O documento já foi distribuído na Câmara dos Deputados e no Senado.

O texto pede a extensão do estado de calamidade pública com a prorrogação do auxílio emergencial. Enquanto isso, o governo ainda não definiu quando irá começar a vacinação contra a doença no Brasil.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Um grupo de parlamentares apoia o pedido de Vieira. Ele argumenta que, em caso de urgência ou de grande interesse público, a maioria do Congresso pode determinar a volta dos trabalhos.

E um desses motivos é o alto número de mortes e novos casos de Covid-19, que mostra que a pandemia está longe de terminar no país. Em entrevista ao Correio Braziliense, Vieira afirmou que seria possível prorrogar o auxílio emergencial por mais três meses com a flexibilização de valores e prazos.

Segundo o Jornal Valor Econômico, o candidato a presidência da Câmara dos Deputados, Baleia Rossi, é a favor da volta do auxílio emergencial.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil