Simples Nacional: Evite problemas e não perca dinheiro em 2018


Ano novo, vida nova!  Nesta virada de ano o Simples Nacional vai ter novidades. Agora quem é microempreendedor individual, MEI, micro e pequeno empresário terá a partir de 2018 novas regras para estar no Simples Nacional, que é o programa do governo que reduz cargas tributárias e unifica oito impostos em uma única guia.

Dentre as principais mudanças está o aumento do valor limite de faturamento anual para quem é MEI (passando dos atuais R$ 60 mil para R$ 81 mil), as Microempresas permanecem iguais com teto de R$ 360 mil e o faturamento de pequenos negócios passando de R$ 3,6 milhões para R$ 4,8 milhões.

De acordo com Marcos Rodrigues, CEO do Contabfácil  ferramenta online que trata de toda a contabilidade de empresas do Simples Nacional, Profissionais Liberais e MEIs,  o aumento do valor limite de faturamento anual pode parecer um pouco confuso no começo e é importante consultar um contador para não errar:

“A partir de 2018, esta mudança já estará valendo e engloba impostos federais que estão compreendidos no limite de R$ 4,8 milhões. Já os impostos devidos aos Estados e Municípios permanecem com limite de R$ 3,6 milhões. Todos estes enquadramentos citados precisam de uma empresa de contabilidade. Profissionais destas empresas estão preparados para sanar todas as dúvidas e podem atuar de uma forma mais adequada.” explica.

Quanto antes, melhor.
Como muitos empresários acabam deixando para depois das festas de fim de ano estas questões, Marcos Rodrigues alerta que o ideal é não deixar para depois. Afinal de contas são alterações que impactarão diretamente a vida de todos estes empresários.

“Quanto mais demorar, mais dinheiro a empresa pode perder justamente por seguir pagando mais impostos. Quanto antes tudo estiver adequado melhor, pois menos impostos serão pagos além de evitar ações fora das condições impostas pelo Fisco. Ou seja, existe a possibilidade de multas” alerta Rodrigues.

Número de empresas enquadradas no Simples pode aumentar
Atualmente são 12 milhões de empresas que fazem parte do Simples e para 2018 mais de 820 mil micro e pequenas empresas (MPE) e 513 mil microempreendedores individuais serão impactados pelas mudanças – incluindo a possibilidade de inclusão no Simples Nacional de atividades que antes não eram permitidas, como cervejaria artesanal, microdestilarias e fabricantes artesanais de licores – desde que inscritos no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Sobre o Contabfácil

Localizada em São Paulo, o Contabfácil está presente em todo o território nacional levando agilidade, praticidade e economia nas questões contábeis de quem está enquadrado no Simples Nacional, de quem é médico ou microempreendedor individual. A ferramenta foi desenvolvida para desburocratizar o cotidiano contábil de quem está enquadrado nestas categorias.

www.contabfacil.com.br

Please follow and like us:
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.