Vale-gás já começou a ser pago. Veja quem tem direito e como se inscrever

Os repasses de R$ 100 do vale-gás já estão sendo pagos às famílias necessitadas do estado de São Paulo. 

O vale-gás trata-se de um programa desenvolvido para amparar famílias de baixa renda, que se encontram em condição de pobreza ou extrema pobreza residentes de favelas e comunidades carentes de São Paulo. 

O Governo do estado já informou uma ampliação do programa, e já divulgou que as cotas de R$ 100 já estão sendo repassadas aos beneficiários. As parcelas são bimestrais, ou seja, são pagas a cada dois meses, de maneira que os repasses se encerraram em dezembro de 2021. O intuito do programa é auxiliar famílias na compra do botijão de gás.  

Atualmente, 104.340 famílias que cumprem com as condições do programa estão amparadas pelo vale-gás. No entanto, estima-se que com a ampliação do benefício, 426.926 famílias serão contempladas até o final dos pagamentos. 

Para incluir o vale-gás, é necessário que as famílias estejam inscritas no Cadúnico, e não recebam o Bolsa Família. Além disso, é preciso obedecer a um limite de renda igual ou inferior a R$ 178 por cabeça. 

Conforme Célia Parnes, secretária de desenvolvimento social, a ideia é justamente dar prioridade àqueles que estão na fila do Bolsa Família. 

“São pessoas que estão na extrema pobreza, que tem uma renda mensal de R$ 178 e não recebem o Bolsa Família. Família que estão na fila do Bolsa Família e receberão este apoio para a compra do botijão de gás”, disse a Parnes. 

Como saber se tenho direito ao vale-gás?

Para realizar a consulta referente a elegibilidade para o vale-gás, basta acessar o site do programa. Será preciso informar o Número de Identificação Social (NIS). Feito isso, irá aparecer na tela se você pode ou não receber o benefício. 

Além disso, o governo disponibilizou orientações sobre o benefício no site do programa Bolsa do Povo. Ao acessar a página, busque pela opção vale-gás e saiba mais.

Comentários estão fechados.