Veja como adiantar sua adesão ao novo Bolsa Família 

Para poder integrar o novo Bolsa Família, primeiramente é preciso realizar o cadastro no Cadúnico. 

Além de mudar de nome, o programa Bolsa Família, criado no governo do ex-presidente Lula em 2003, passará por alterações este ano. A ideia da atual gestão do país é lançar o bolsa família em novembro de 2021. 

Sendo agora chamado de Auxílio Brasil, o novo programa deve receber um aumento nas cotas concedidas ao beneficiário e uma ampliação no número de famílias integradas. Neste sentido, o presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido) havia prometido um aumento de cerca de 50% na quantia paga pelo benefício que atualmente é de R$ 192. 

O intuito do governo era aumentar esta cota para R$ 300 ou R$ 400. No entanto, segundo a equipe econômica, o valor deve ficar entre R$ 280 e R$ 290, devido a problemas fiscais com as quantias pretendidas, o mesmo vale para ampliação do programa. 

Apesar de ter previsão de lançamento apenas para o mês de novembro, já é possível antecipar o processo de adesão ao benefício. Para isto será preciso realizar a inscrição no cadastro único. Cabe salientar que aqueles que já são contemplados pelo Bolsa Família serão automaticamente integrados no Auxílio Brasil, sem que haja a necessidade de nenhuma ação por parte dos beneficiários.

Contudo vale ressaltar que as novas regras de concessão do Auxílio Brasil, ainda não foram oficialmente divulgadas, apesar do governo ter manifestado a pretensão de ampliar o programa para mais famílias. 

Como realizar a inscrição no Cadúnico?

Quem deseja realizar a inscrição ou a atualização das informações cadastrais no Cadúnico, pode fazer estes procedimentos no Centro de Referência de Assistência Social, mais conhecido pela sigla CRAS. 

Desta maneira, basta se direcionar a uma unidade do CRAS presente nos municípios, e levar consigo a Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), título de eleitor, Certidão de Casamento (se for o caso), Certidão de Nascimento e Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI), em caso de pessoas de origem indigena. 

Para acompanhar o seu cadastro ou a atualização das informações basta baixar o aplicativo “Meu Cadúnico”, disponível no Google Play ou na App Store. Isto também pode ser feito ligando no número 0800 707 2003. 

Comentários estão fechados.