Veja como fazer a consulta para saber se vai receber o Auxílio Emergencial 2021

0

O trabalhador já pode fazer consulta para saber se irá receber o novo auxílio emergencial. Estima-se que aproximadamente 45,6 milhões de brasileiros irão receber o benefício. Sendo que agora tem como saber se seu nome consta na lista de pagamento.

Cerca de R$ 43 bilhões serão pagos pelo Governo Federal aos brasileiros, que já estão aguardando ansiosamente o pagamento das parcelas.

Para saber se seu nome consta da lista de pagamentos, será necessário a cessar o site do Dataprev, clicando em “Acompanhe o seu benefício”. Neste momento será solicitado, o seu nome completo, o nome da sua, a sua data de nascimento e o número do seu CPF.
Em seguida você deverá clicar em “não sou robô” e depois em “continuar”. Na página seguinte, será possivel ter acesso à informação do seu benefício ou não.

Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil
Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil

Em caso de sim: É porque você receberá o auxílio emergencial e deverá acompanhar o calendário de pagamento, que foi divulgado pela Caixa Econômica Federal.

Também você poderá realizar está consulta através da central de atendimento, pelo telefone 111.

Novamente o cidadão receberá o auxílio de acordo com a data de seu nascimento.

Regras para receber o auxílio emergencial

A renda por pessoa da família não pode passar de até meio salário mínimo (R$ 550)
A renda total do grupo familiar deve ser de até três salários mínimos (R$ 3.300)
Só será permitida o pagamento de uma cota por família

  • Ter mais de 18 anos
  • Não ter emprego formal
  • Não ter tido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2019 ou rendimentos isentos acima de R$ 40 mil naquele ano
  • Não ser dono de bens de valor superior a R$ 300 mil até o fim de 2019
  • Estão excluídos os residentes médicos, multiprofissionais, beneficiários de bolsas de estudo, estagiários e similares
  • Ficam de fora também as pessoas que receberam qualquer tipo de benefício previdenciário, assistencial ou trabalhista ou de transferência de renda do governo em 2020, com exceção do Bolsa Família e abono salarial.
  • O governo vai liberar o valor da parcela do auxílio emergencial, de acordo com a composição familiar:
  • R$ 150,00: Pessoas que moram sozinhas;
  • R$ 250,00: Para as famílias com duas ou mais pessoas;
  • R$ 375,00: Com famílias chefiadas por mulheres.
  • Para beneficiários do Bolsa Família, será pago o valor que for mais vantajoso. Desse modo, se o Auxílio correspondente à categoria de quem receberá tiver um valor maior que o Bolsa Família, valerá o pagamento do Auxílio, se for mais baixo, será pago o valor do Bolsa Família.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil