Após mais de 150 dias, brasileiros começam a trabalhar para si

0
117

Acabou. A partir de hoje você, contribuinte, passa a trabalhar para si, ou seja, até ontem, tudo o que você trabalhou foi para pagar os tributos (impostos, taxas e contribuições) exigidos pelos governos federal, estadual e municipal em 2016. Atualmente se trabalha o dobro do que se trabalhava na década de 70, para pagar a tributação.

Em 2015, o Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) estimou que 41,37% de todo o rendimento que os brasileiros ganharam, em média, foi destinado para pagar impostos. São mais de 90 tributos em vigor no país. Bebidas alcoólicas, perfume e videogame estão entre os campeões de impostos.

Desde 2012, as empresas estão obrigadas a informar a carga tributária nos cupons e notas fiscais, e estão sujeitas a auto de infração aquelas que não prestarem a informação ao consumidor, conforme Lei 12.741/2012. O vendedor Márcio Fucks, 43 anos, é um cliente que fica de olho nos cupons fiscais para saber quanto da sua compra foi gasta em imposto. ‘São valores exorbitantes que pagamos em impostos. Mas, alguém precisa pagar a conta e, claro, sempre sobra para o consumidor final.’

Quem também ficou surpreso ao ver sua nota fiscal ontem ao fazer o rancho do mês foi o casal Tereza e José Carlos da Silva, de Vila Mariante. Na saída de um supermercado da área central da cidade, a reportagem abordou os aposentados. Eles nunca haviam percebido a informação no cupom fiscal e ficaram espantados com o valor. Da compra de R$ 563,35, os tributos federais somaram, aproximadamente, R$ 165, o que equivale a 30%. ‘E para onde está indo esse dinheiro?’, questiona seu José.

De acordo com o comprador do supermercado, Roderlei Lenz, a medida foi adotada há cerca de três anos, a fim de atender a lei e também para informar aos clientes sobre o que estão pagando. ‘Muitas vezes, por desinformação mesmo, podem achar que é o supermercado que está por trás do aumento no valor do produto, mas não se dão conta de que há cerca de dois anos os impostos vem aumentando muito.’

O que são?
Impostos são tarifas que o brasileiro paga – direta ou indiretamente – aos governos municipal, estadual e federal. Os tributos são pagos diretamente pelo contribuinte ou de forma indireta, quando as taxas estão embutidas nos preços das mercadorias ou dos serviços prestados por uma determinada empresa.

Para que servem?
Basicamente, o dinheiro proveniente dos impostos é usado para construir obras de infraestrutura – como pontes, estradas, usinas hidrelétricas, casas populares, saneamento básico – ou para contratação ou reajuste de salários de funcionários públicos. Por isso, teoricamente, quando a arrecadação do governo aumenta, o país conta com uma garantia maior para dar andamento a novos empreendimentos públicos e aumentar o quadro de funcionários do estado – o que deveria resultar na melhora dos serviços prestados e da qualidade de vida da população.

Alguns produtos
Compras de supermercado – varia de 30 a 40%
Gasolina – 56,09%
Cerveja – 55,60%
Celular – 33,08%
Conta de luz – 48,28%

Carne bovina – 23,99%
Cigarro – 80,42%
Gás de cozinha – 34,04%
Refrigerante – 46,47%

Matéria: Folha do mate