Aposentados e pensionistas são alvos de estelionatários, conheça as fraudes mais comuns

Presentemente, aposentados e pensionistas do INSS são alvos de fraudes e golpes cometidos por estelionatários. Caso a situação seja identificada é necessário registrar o boletim de ocorrência em uma unidade da Polícia Civil.

A Previdência Social lança o alerta de golpes e fraudes que vêm vitimizando aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social. Muitos desses golpes acontecem via telefone e e-mail, é preciso estar atento para não ser prejudicado pelas ações ilícitas. 

Os estelionatários estabelecem contato para obter acesso às informações dos segurados do Seguro Social. Além dos dados, os golpistas solicitam transferências bancárias como suposto pedágio para a concessão dos benefícios previdenciários. 

Cuidado com a suposta revisão do benefício

É comum nos dias de hoje que os beneficiários da Previdência Social sejam abordados sob a justificativa de revisão do benefício previdenciário. Esse golpe é um dos mais aplicados atualmente. O conteúdo do golpe é bem articulado, a ligação vem em tom de boas notícias, informam que o segurado teria direito a receber valores concedidos por uma revisão falsa. 

É através dessa boa notícia que os estelionatários solicitam a transferência de quantias para uma conta onde seria realizada a suposta revisão. 

O Instituto Nacional do Seguro Social alerta os segurados de que as revisões da Previdência Social se dão com base na legislação. Não existe a exigência da realização de pagamentos para a revisão do benefício, os segurados não realizam nenhum pagamento para ter acesso ao serviço previdenciário. 

Auditoria falsa

Em alguns casos, os estelionatários entram em contato utilizando a justificativa de uma suposta auditoria. Os golpistas enviam documentos para uma falsa chamada para resgate, isto é, os beneficiários estariam sendo convocados para obter quantias devidas pelas chamadas carteiras de pecúlios. 

Essas teriam sido descontadas das folhas de pagamento dos segurados do INSS como aposentadoria complementar. 

O INSS alega que não são pedidos dados pessoais e que a Previdência Social não entra em contato através de terceiros e frisa a informação sobre as cobranças de serviço. 

A Previdência Social não realiza a cobrança de serviços previdenciários, caso alguém entre em contato utilizando o nome do INSS e solicite o pagamento do serviço fique atento e registre o boletim de ocorrência. 

Sendo assim, a principal recomendação para os segurados do INSS é a não disponibilização de informações pessoais. Além disso, não é necessário efetuar pagamentos e transferências para o INSS por serviços previdenciários. 

Caso isso aconteça o segurado deverá registrar o transtorno através do boletim de ocorrência, o beneficiário poderá procurar a ouvidoria para informar a fraude ou golpe.

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Comentários estão fechados.