Beneficiários do Auxílio Brasil começam a receber novos cartões

Cerca de 3,2 milhões de cartões foram emitidos de acordo com o Ministério da Cidadania

Somente no final do mês de junho, após nove meses de instituído, é que começou a distribuição dos cartões do Auxílio Brasil. O modelo, com chip, pode ser usado na função débito e traz a marca do programa criado pelo governo Jair Bolsonaro.

De acordo com o Ministério da Cidadania, 3,2 milhões de cartões foram emitidos em junho e já começaram a ser entregues pelos Correios. Serão contempladas 6,6 milhões de famílias beneficiárias, de maneira gradual e escalonada. O calendário de entrega, no entanto, não foi divulgado.

Nessa primeira fase, tem prioridade quem ingressou no programa a partir de dezembro de 2021 e que, por não ter o cartão do benefício, recebe os R$ 400 mensais por meio da poupança social digital da Caixa. Quando o programa mudou de nome, os cartões deixaram de ser emitidos.

Para o governo, além de aumentar a segurança, a mudança elimina a necessidade de as famílias se deslocarem para agências do banco estatal que, às vezes, ficam distantes de onde moram.

Cartões antigos continuam valendo

Ainda segundo o ministério, os cartões antigos continuam válidos. Quem ainda não recebeu o novo cartão e está fora do grupo prioritário pode acompanhar o envio ligando para a central de atendimento da Caixa, nos telefones 0800-104-0104 e 4004-0104, ou presencialmente nas agências do banco.

Quando a substituição dos cartões foi anunciada, a expectativa era que a mudança custasse aos cofres federais cerca de R$ 324 milhões. A medida foi questionada por um grupo de deputados federais no Tribunal de Contas da União (TCU).

Comentários estão fechados.