Certificado digital MEI: Entenda para que serve e como emitir

0

O MEI (Microempreendedor Individual) precisa ter um certificado digital? Essa é uma dúvida bastante comum e acaba preocupando o empreendedor, pois, muitos não sabem qual é a função do certificado digital e quem deve utilizá-lo. 

Então, não pense que se trata de mais uma burocracia das empresas, mas sim, uma ferramenta que pode te ajudar na rotina do seu empreendimento.

Se você é ou pretende se tornar um microempreendedor individual, é preciso saber o que é o certificado digital. 

Por isso, preparamos esse artigo com as principais informações sobre a ferramenta e já te adiantamos que ela garante a autenticidade das operações que forem realizadas por meio digital.

Certificado Digital MEI

Para que você entenda melhor, podemos definir o certificado digital como um documento que permitirá que você realize operações pela internet de forma segura.

Desta forma, é possível garantir a validade jurídica, proteção de dados e regularidade do seu empreendimento. 

O certificado pode ser bastante útil para transações realizadas de forma virtual, como por exemplo, para aqueles que atuam com plataformas de venda e-commerce. 

O MEI é obrigado a ter o certificado? 

O uso do certificado digital não está dentre as obrigações do microempreendedor individual.

Em 2011, a resolução 94 do Comitê Gestor do Simples Nacional (CGSN) estabeleceu o seguinte em seu artigo 102: 

O MEI não estará obrigado ao uso da certificação digital para cumprimento de obrigações principais ou acessórias, bem como para recolhimento do FGTS

No entanto, o responsável deve buscar informações sobre as regras do estado e município onde atua, pois, pode ser que precise do certificado para fazer a emissão de Nota Fiscal Eletrônica. 

Vale ressaltar que o documento também é utilizado pelo Fisco que acompanha o cadastro de declarações e dados das empresas.

Mas além do envio de nota fiscal, ele serve ainda para acessar o e-CAC, e também acesso a conectividade social da CEF (Caixa Econômica Federal).

receita federal

Tipos de Certificados 

Existem dois tipos de certificado digital conhecidos como A1 e o A3.

O primeiro é emitido e armazenado no computador ou no dispositivo móvel como smartphone ou tablet e o segundo é emitido e armazenado em mídia criptográfica podendo ser em Cartão, Token ou Nuvem. 

Outra diferença entre eles está no tempo de validade que também irá mudar conforme o tipo de certificado escolhido.

O certificado digital para MEI têm ainda duas opções: e-CNPJ que é indicado ao MEI, pois, faz diretamente a emissão de notas fiscais com o uso de CPF e o NF-e, que garante a emissão das notas eletrônicas com a redução de custos de impressão e armazenamento de documentos em formato digital.

Vantagens do Certificado 

Dentre as vantagens da utilização do documento, podemos destacar:

  • Assinatura eletrônica da empresa, sendo utilizadas chaves criptográficas que confirmam sua identidade;
  • O certificado é um documento eletrônico, então facilita na hora de utilizá-lo para realizar os processos necessários;
  •  Autoria da nota fiscal eletrônica emitida;
  • Permite receber informações de forma segura transmitida pela Receita Federal. 

Como Emitir?

Se você se interessou em ter um certificado digital, deve buscar uma empresa autorizada a fazer o documento.

Mas pesquise antes de solicitar o serviço, pois, os preços variam de acordo com o tipo e a validade. 

Dentre os documentos necessários para fazer o certificado digital para o MEI está o CNPJ e os seus documentos, como RG e CPF.

A partir disso, é feito o cadastro e liberado o certificado para que você possa ser utilizado no seu computador ou dispositivo móvel.

Dica Extra do Jornal Contábil: MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio.  Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar. 

Já imaginou economizar de R$ 50 a R$ 300 todos os meses com toda burocracia, risco de inadimplência e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta.

E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio. 

Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

Por Samara Arruda