O ano de 2020 que tinha tudo para ser um dos melhores anos economicamente falando, nos trouxe uma grande surpresa chamada COVID-19, junto dele uma crise econômica que vem se intensificando e consequentemente muitas empresas não estão conseguindo resistir.

De acordo com o levantamento realizado pela Boa Vista SC PC, o número de pedidos de recuperação judicial cresceu 44,6% e a de falências decretadas, 71,3% em relação ao mesmo período de 2019.

E segundo especialistas a tendência é que esses números se elevem ainda mais ao longo do segundo semestre de 2020.

Porém realizar algumas ações como renegociar parcelamentos anteriores e reduzir custos devem ser consideradas para enfrentar a crise. Abaixo compartilho três dicas simples e práticas:

ENTRE EM CONTATO COM SEUS ATUAIS FORNECEDORES E RENEGOCIE PREÇO E PRAZO

Se possível faça uma visita presencial, converse olho no olho e exponha suas necessidades, analise em conjunto todas as possibilidades de redução e de melhora do seu fluxo de caixa.

Pequenos descontos junto a fonte “fornecedores” muitas vezes tendem a contribuir significativamente para o markup e o preço final do seu produto ou serviço, logo seu preço final tende a se tornar mais competitivo. 

Caso contrário, bata na porta de outros possíveis fornecedores e analise novas parcerias.

contratos coronavirus

CONVERSE MAIS COM SEUS CLIENTES

É muito comum encontrar empresários e empreendedores em uma busca constante por novos clientes, deixo aqui um alerta: faça um levantamento de todos os clientes que já foram atendidos por você, seja através de sistema, arquivo morto, enfim, você sabe a melhor maneira de fazer essa busca.

Em seguida, monte uma estratégia de fazer contato com pelo menos 5 deles diariamente, faça os se sentirem lembrados, mostre a importância deles para você, ouça as necessidades e desejos dos mesmos. Com essa ação você terá informações o suficiente para alavancar o seu negócio.

REVISE TODOS OS SEUS PRODUTOS E SERVIÇOS OFERECIDOS ATUALMENTE

Com as informações coletadas na dica anterior, você terá condições de avaliar se os produtos e serviços oferecidos hoje fazem parte das necessidades atuais dos seus clientes.

Faça promoção com produtos parados em estoque, crie vendas casadas, faça parcerias com outras empresas.

Ofereça coisas novas, afinal, todos nós adoramos “novidades”. Dê um passo para trás e enxergue seu negócio como um todo, se você fosse seu cliente você compraria da sua empresa?

Lembre-se que são seus produtos e serviços que levam sua empresa para o sucesso ou para o fracasso. Seja criativo! Fortaleça a relação com seus clientes!

Espero que a sua empresa fique bem longe dos índices apresentados inicialmente com as dicas que compartilhei com muito carinho acima.

Essas são algumas das ações que junto dos meus clientes executamos diariamente para o sucesso do seu negócio.

Lembre-se: Foque na gestão eficiente do seu negócio, busque pessoas capacitadas que possam lhe ajudar. Principalmente porque é em meio ao caos, que surgem as grandes ideias!

Por Odineia Silva, coach financeira