Dicas para negociar crédito em condições vantajosas

Intuit QuickBooks orienta para pequenos e médios empreendedores terem vantagem em taxas e prazos ao negociar com as instituições financeiras .

0

Pegar crédito não necessariamente significa estar com as finanças no vermelho. O dinheiro adicional pode ser utilizado, por exemplo, para expandir o negócio ou mesmo implementar uma novidade e investir em melhorias para o próprio negócio.

Números do quarto trimestre de 2020 levantados pelo QB Insights – com 1067 pequenas e médias empresas de todo o Brasil – a pedido da Intuit QuickBooks, fintech americana desenvolvedora de software de gestão para pequenas empresas e escritórios contábeis, revelam que 1 em cada 5 empreendedores (ou 21%) solicitaram crédito nos últimos seis meses.

Deste grupo, 26% não conseguiram ter acesso ao dinheiro requisitado.

Dos que conseguiram, 16% relataram dificuldade em pagar as parcelas negociadas. 

“A resposta negativa pode ser reflexo do momento em que o dinheiro foi pedido. Se isso foi feito quando o caixa da empresa já estava no vermelho é possível que a instituição financeira cogitou que não receberia o pagamento. Por essa razão, a habilidade de antecipar um problema futuro pode ser um diferencial precioso para o empreendedor”, explica Davi Viana, country manager e head de Vendas da Intuit QuickBooks no Brasil. 

Dicas práticas para conseguir negociar crédito em condições melhores

Davi Viana e Pedro Nery, embaixador do QuickBooks no Brasil e sócio da Marco Contabilidade Consultiva, elaboraram 7 dicas para identificar o momento certo de pedir crédito e encontrar as melhores condições de pagamento e taxas de juros. 

  1. Identifique a real situação financeira do seu negócio
    Mais do que saber o saldo do momento, esse conhecimento envolve conhecer quanto o empreendimento costuma ter de receita por mês e uma média de gastos com despesas fixas e variáveis para se fazer um diagnóstico melhor da própria empresa.
  2. Compare os valores com meses anteriores e projete com períodos futuros
    O exercício serve para identificar como está o balanço financeiro da empresa de uns tempos para cá e o que se pode esperar daqui para frente. Caso o volume de pendências seja elevado vai ser preciso arrecadar mais ou enxugar gastos.

*** Caso o empreendedor tenha dificuldade em cumprir essas duas recomendações é sinal que algo urgente precisa ser feito. Essa ajuda pode estar na combinação entre o serviço de um contador e a utilização de um software, como o QuickBooks, para auxiliar na gestão financeira e no controle do fluxo de caixa.

  1. Invista na digitalização do próprio negócio
    Pode parecer um gasto adicional desnecessário, mas a utilização de uma ferramenta que automatize tarefas e entregue relatórios assertivos pode ser o diferencial entre um sim ou um não do banco para o pedido de empréstimo. Muitos sistemas não cobram valores mensais astronômicos, permitem a integração de sistemas diferentes já utilizados e funcionam bem em qualquer dispositivo ou plataforma de tecnologia.
  2. Busque informações assertivas e relatórios consultivos
    Em caso de uso de softwares de gestão e de apoio de um contador, solicite relatórios capazes de ir além de um simples raio X do momento financeiro do empreendimento. Uma boa pedida pode ser o pedido por documentos mais consultivos capazes de antecipar problemas semanas antes deles acontecerem de fato.
  3. Planeje e tente contornar o problema antes dele acontecer
    Não deixe para a última hora à espera de um milagre ou da entrada de uma renda adicional, principalmente apostando em aumento substancial das vendas em poucos dias. A menos que a possibilidade seja concreta, como em caso de datas comemorativas e economia aquecida, o melhor a se fazer é ir em busca de um dinheiro extra antes. Isso também vale para quem pensa em expandir os negócios ou investir em novas tecnologias. Nada de pedir na hora que a conta chega ou o negócio já está fechado. Faça antes.
  4. Pesquise, utilize a internet e a variedade de concorrentes em seu favor
    Em tempos de pandemia e de esforços do Banco Central em oferecer produtos e serviços melhores e mais baratos, como a Agenda BC#, pode parecer precipitado recorrer a um empréstimo na primeira porta em que bater. Aproveite a facilidade da internet e a existência de startups, fintechs e outras instituições de crédito para explorar ofertas, comparar e negociar com os gerentes. Só não esqueça de checar a procedência das empresas para não cair em golpes. Nada de pagar qualquer quantia antes para receber o dinheiro. Isso é fraude.
  5. Volte ao planejamento inicial e confira se as parcelas cabem no “bolso” da empresa
    Isso mesmo, os passos 1 e 2 precisam ser revisitados para o tiro não sair pela culatra e o dinheiro ajudar num primeiro momento, mas ser motivo de preocupação lá na frente. Portanto, projete no ciclo de despesas quanto as parcelas vão impactar sobre o orçamento. E não esqueça que outros gastos terão de ser cumpridos nos meses seguintes. 

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

A missão da Intuit QuickBooks é empoderar o planeta.