Entender os vários termos da contabilidade tem ficado cada vez mais complicado. A missão é ainda mais difícil quando pesquisamos enciclopédias ou um glossário contábil especializado, após tantas mudanças e chegadas de novas siglas que permeiam as empresas e negócios.

Já sabemos que a história da contabilidade é antiga e que há anos a profissão foi regulamentada. Porém, durante esse tempo, muitos termos e siglas foram criados para a rotina do contador. O que era pra ser um facilitador, muitas vezes, acaba confundindo – até mesmo os contadores-, devido à quantidade de siglas ou mesmo a semelhança entre eles.

Pensando nisso, elaboramos um glossário que reúne 142 siglas mais utilizadas no cotidiano da contabilidade e mais comentadas em livros e outros materiais. Algumas não são siglas oficialmente registradas mas são utilizadas na comunicação entre profissionais.

Observação importante!

Não foram incluídas siglas referente obrigações acessórias, pois, neste caso, teríamos de atualizar constantemente por saber que o Governo faz diversas mudanças, além de entregar sempre uma declaração nova para o contador, não é verdade?

Sendo assim, aproveite, guarde, consulte e compartilhe nosso glossário contábil. Aproveite!

Anúncios

Glossário Contábil

A

AI: Auto de Infração
AIDF: Autorização para Impressão de Documentos Fiscais
ART: Artigo
ARE: Apuração do Resultado do Exercício
ASO: Atestado de Saúde Ocupacional

B

BCB: Banco Central ou BACEN
BNDES: Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social
BP: Balanço Patrimonial

C

CAGED: Cadastro Geral de Empregados e Desempregados
CAT: Comunicação de Acidente de Trabalho
CBO: Classificação Brasileira de Ocupações
CC: Código Civil (ou NCC – Novo Código Civil)
CEF: Caixa Econômica Federal
CEI: Cadastro Específico do INSS
CF: Constituição Federal
CFC: Conselho Federal de Contabilidade
CFOP: Código Fiscal de Operações e Prestações
CGSN: Comitê Gestor do Simples Nacional
CGU: Controladoria Geral da União
CIAP: Crédito do ICMS do Ativo Permanente
CIPA: Comissão Interna de Prevenção de Acidentes
CLT: Consolidação das Leis do Trabalho
CMV: Custo das Mercadorias Vendidas
CNAE: Classificação Nacional de Atividades Econômicas
CND: Certidão Negativa de Débito
CNI: Confederação Nacional da Indústria
CNPJ: Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas
COAF: Conselho de Controle de Atividades Financeiras
COFINS: Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social
CONCLA: Comissão Nacional de Classificação
CPC: Comitê de Pronunciamentos Contábeis
CPF: Cadastro de Pessoas Físicas
CRC: Conselho Regional de Contabilidade
CRF: Certificado de Regularidade do FGTS
CSLL ou CSSL: Contribuição Social sobre o Lucro Líquido
CSON: Código de Situação da Operação do Simples Nacional
CST: Código de Situação Tributária
CT-e: Conhecimento de Transporte Eletrônico
CTN: Código Tributário Nacional
CTPS: Carteira de Trabalho e Previdência Social

Lucro Real x Lucro Presumido, uma escolha vários cuidados

D

DANFE: Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica
DARE ou DAE: Documento de Arrecadação Estadual
DARF: Documento Arrecadação Federal
DAS: Documento de Arrecadação do Simples Nacional
DBE: Documento Básico de Entrada do CNPJ
DFC: Demonstração do Fluxo de Caixa
DIFAL: Diferença de Alíquota
DLPA: Demonstração dos Lucros ou Prejuízos Acumulados
DMPL: Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido
DRE: Demonstração do Resultado do Exercício
DRF: Delegacia da Receita Federal
DVA: Declaração de Valor Adicionado

E

EBITDA: sigla proveniente do inglês que significa “Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization” (em tradução livre, o termo é conhecido como LAJIDA (Lucro Antes dos Juros, Impostos, Depreciação e Amortização).
ECD: Escrituração Contábil Digital
ECF: Emissor de Cupom Fiscal
EI: Estoque Inicial
EIRELI: Empresário Individual de Responsabilidade Limitada
EF: Estoque Final
EFD: Escrituração Fiscal Digital 
EI: Empresário Individual
EPP: Empresa Pequeno Porte

F

FCN: Ficha Cadastral Nacional
FPAS: Fundo de Previdência e Assistência Social
FAP: Fator Acidentário de Prevenção
FGTS: Fundo de Garantia do Tempo de Serviço

G

GFIP: Guia de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social
GILRAT: Contribuição do Grau de Incidência de Incapacidade Laborativa decorrente dos Riscos Ambientais do Trabalho
GNRE: Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais
GPS: Guia de Previdência Social
GRF: Guia de Recolhimento do FGTS

I

IAS: International Accounting Standards Board (Conselho de Normas Internacionais de Contabilidade)
IBGE: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística
ICMS: Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços
ICP-Brasil: Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira
IFRS: “International Financial Reporting Standards” (em tradução livre, o termo significa “Normas Internacionais de Informação Financeira”)
II: Imposto sobre importação
IN: Instrução Normativa
INPI: Instituto Nacional de Propriedade Industrial
INSS: Instituto Nacional do Seguro Social
IOF: Imposto sobre Operações Financeiras
IPI: Imposto sobre Produtos Industrializados
IPTU: Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana
IPVA: Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores
IR: Imposto de Renda
IRPF: Imposto de Renda da Pessoa Física
IRPJ: Imposto de Renda Pessoa Jurídica
IRRF: Imposto de Renda Retido na Fonte
ISS ou ISSQN: Imposto Sobre Serviços
ITBI: Imposto de Transmissão de Bens Imóveis
ITCD: Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação de Quaisquer Bens ou Direitos
ITR: Imposto Territorial Rural
IVA: Imposto sobre Valor Acrescentado

L

LAIR: Lucro Antes do Imposto de Renda
LALUR: Livro de Apuração do Lucro Real
LC: Lei Complementar
LMC: Livro de Movimentação de Combustíveis
LTDA: Sociedades Limitadas

M

ME: Micro Empresa
MEI: Microempreendedor Individual
MF: Ministério da Fazenda
MP: Medida provisória
MPAS: Ministério da Previdência e Assistência Social
MPE: Micro e Pequena Empresa
MVA: Margem de Valor Agregado

N

NBC: Normas Brasileiras de Contabilidade
NBM: Nomenclatura Brasileira de Mercadorias
NCM: Nomenclatura Comum do Mercosul
NFE: Nota Fiscal Eletrônica
NIS: Número de Identificação Social
NIRE: Número de Inscrição no Registro de Empresas
NIT: Nucleo de Informaçoes Trabalhista

P

PASEP: Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público
PAT: Programa de Alimentação do Trabalhador
PECLD: trata-se das Perdas Estimadas em Créditos de Liquidação Duvidosa
PERT: Programa Especial de Regularização Tributária
PGDAS: Programa Gerador do Documento de Arrecadação do Simples Nacional
PGFN: Procuradoria Geral da Fazenda Nacional
PGMEI: Programa Gerador de DAS do Microempreendedor Individual
PIS: Programa de Integração Social
PL: Patrimônio Líquido
PLR: Participação nos Lucros e Resultados

R

RAIS: Relação Anual de Informações Sociais
REFIS: Programa de Recuperação Fiscal
RFB: Receita Federal do Brasil
RICMS: Regulamento do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços
RIR: Regulamento do Imposto de Renda

S

S.A.: Sociedade por Ações
SAT: Seguro de Acidente do Trabalho
SCP: Sociedade em Conta de Participação
SEF: Secretaria Estadual da Fazenda
SEFAZ: Secretaria da Fazenda
SINTEGRA: Sistema Integrado de Informações sobre operações Interestaduais com Mercadorias e Serviços
SPE: Sociedade de Propósito Específico
SPED: Sistema Publico de Escrituração Contábil 
SRF: Secretaria da Receita Federal
SS: Sociedade Simples
ST: Substituição Tributária

T

TED: Transferência Eletrônica de Documentos
TEF: Transferência Eletrônica de Fundos
TIR: Taxa Interna de Retorno
TMA: Taxa Mínima de Atratividade

Conteúdo original via Fortes Tecnologia