MEI: O que leva à suspensão ou cancelamento da inscrição?

O não cumprimento de algumas obrigações, enquanto, MEI, podem levar à suspensão ou cancelamento do cadastro do empreendedor. 

Diante da dificuldade para conseguir um emprego no país, muitos brasileiros estão se encaminhando para o trabalho autônomo, como uma maneira de garantir seu sustento e renda mensal. Por sua vez, ao invés de ingressar em atividades informais, diversos cidadãos, estão optando por se formalizar como microempreendedor individual (MEI). 

Para quem ainda não conhece, o MEI diz repeito a uma pessoa que trabalha por conta própria, todavia, dentro da legalidade, a medida que se formaliza como pequeno empreendedor. A categoria de microempreendedor individual ter conquistado grandes adeptos, em virtude, das grandes vantagens que a modalidade empresarial oferece. 

Dentre os benefícios garantidos ao MEI, estão um modelo simplificado de tributação, cobertura previdenciária, condições especiais em serviços de crédito (empréstimos, financiamentos, etc.), emissão de nota fiscal, possibilidade de negociar com órgãos públicos, entre outras vantagens. 

Contudo, assim como há vantagens e benefícios, a categoria também dispõe de regras que precisam ser respeitadas. Além de esta em pleno de acordo com as normas, o MEI deve cumprir algumas obrigações para a manutenção da sua inscrição, caso contrário, ele poderá perder o seu CNPJ

Quem pode se formalizar como MEI?

Previamente, é necessário entender as normas que, quando atendidas, viabilizarão a abertura do CNPJ como microempreendedor individual. Em suma, para ser MEI, é preciso estar enquadrado nos seguintes requisitos: 

Critérios exigidos para quem deseja ser MEI
Possuir idade igual ou superior a 18 anos
Contar com um faturamento anual (no acumulado de 12 meses), de no máximo R$ 81 mil
Possuir apenas 1 funcionário contratado de carteira assinada (o empregado deve receber, ao menos, um salário mínimo, ou piso correspondente à atividade) 
Exercer alguma das 467 atividades permitidas ao MEI em 2022, veja a lista
Não ter sócios no negócio que está sendo aberto
Não ter participação em outra empresa, seja como titular ou sócio

O que pode levar ao cancelamento ou suspensão do CNPJ MEI?

Em suma, o descumprimento de alguma das regras listadas acima já podem ser um motivo suficiente para ocasionar a suspensão da inscrição. Em casos mais graves, pode haver um cancelamento do MEI, ou seja, o empreendedor perderá o seu CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica). 

Sendo assim, é de suma importância estar atento às normas descritas, em especial, ao se tratar do limite de Receita Bruta anual, pois, ultrapassar os R$ 81 mil permitidos, ao ano, é um dos maiores motivos que levam ao cancelamento. Até porque, o colaborador que extrapola o limite deverá ser realocado em outra categoria, já que não está desenquadrado nas regras do MEI. 

Outro ponto essencial a ser observado, trata-se das obrigações do MEI com seus impostos e declarações de renda. Nesta linha, a tributação é simplificada pelo Simples Nacional, de modo que o microempreendedor deve pagar o valor fixo todo mês. 

Além disso, é necessário a Declaração Anual Simplificada (DASN-SIMEI), caso isto não seja feito, por dois anos seguidos, o CNPJ será suspenso por 30 dias, e o microempreendedor ainda será inscrito na lista de inadimplentes.   

Dica Extra do Jornal Contábil: MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio. Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar.

Já imaginou economizar de R$50 a R$300 todos os meses com toda burocracia, risco de inadimplência e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta.

E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio.

Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

 

Comentários estão fechados.