Mercado Financeiro: entenda a diferença entre CDI e CDB 

As duas siglas são populares, no âmbito do mercado financeiro e são diferentes entre si. Saiba mais. 

Assim como CDB, o CDI trata de um certificado, entretanto, é importante saber que ambos não são a mesma coisa, de modo que possuem diferenças entre si. Neste artigo, iremos abordar qual é a função de cada um deles no mercado financeiro. 

Dito isso, caso esta questão ainda seja motivo de confusão para você, continue sua leitura, entenda um pouco mais sobre cada um dos certificados e tire de vez as suas dúvidas. 

O que é o CDB? 

O chamado Certificado de Depósito Bancário (CDB) nada mais é que um tipo de investimento de renda fixa. Em suma, investir nesses ativos é o mesmo que emprestar dinheiro aos bancos, e futuramente, receber o valor de volta acrescidos de juros.  

Isto ocorre, pois, o banco utiliza o dinheiro disponibilizado pelos investidores, para conceder créditos a tomadores, que serão cobrados com juros. Desta maneira, do lucro alcançado na operação, a instituição fica com uma fatia para si, e a outra remunera o capital de quem investiu. 

O investimento pode se desdobrar em, basicamente, três modalidades: prefixada, pós-fixada e híbrida. Entenda sobre cada uma delas a seguir: 

  • Prefixada: a taxa de juros será determinada no momento da aplicação, de modo que o investidor já saberá o exato valor de retorno; 
  • Pós-fixada: será relacionado índice de referência, a exemplo do CDI. Neste caso, o rendimento só poderá ser verificado quando o título vencer; 
  • Híbrida: o rendimento é atrelado ao IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) + uma taxa prefixada. 

E o que é o CDI?

CDI é a sigla para Certificado de Depósito Interbancário, que corresponde a média de juros praticados em empréstimos diários realizados entre em bancos. Apesar de ser um termo comum entre pessoas que desejam ter investimentos em renda fixa, é preciso entender que não é possível investir diretamente no CDI. 

Isto porque o CDI não diz respeito a um tipo de investimento, mas sim um índice de referência para rendimentos. Em suma, o poupador pode optar por aplicar valores em rendimentos atrelados ao CDI. 

O Banco do Brasil, determina que as instituições financeiras finalizem o dia com saldo positivo no caixa. Para cumprir com essa obrigação, bancos emprestam dinheiro entre si, diariamente, e a taxa utilizada neste procedimento é o CDI. 

Diferença entre CDB e CDI

Diante do exposto, podemos concluir que o CDB trata de um tipo de investimento de renda fixa, enquanto o CDI é uma taxa que determina os rendimentos para os valores aplicados. 

Sendo assim, o CDB pode ser indexado ao CDI ou não. Dito isso, é importante saber a diferença entre as nomenclaturas e analisar os títulos e fundos que irão compor sua carteira de investimentos.

Comentários estão fechados.