Quais são os requisitos e as diferenças entre MEI e Simples Nacional

Não é anormal que muitos autônomos achem as modalidades confusas, então confira suas diferenças!

Abrir um novo negócio traz consigo diversas oportunidades, mas também responsabilidades. Uma das obrigações dos empreendedores é a formalização e regularização da empresa, que pode ser classificada no regime de Simples Nacional ou como MEI. Apesar de tais termos estarem cada vez mais populares, não é anormal que muitos autônomos achem as modalidades confusas. Para clarear as ideias e sanar dúvidas, o GetNinjas, maior aplicativo para contratação de serviços do país, elencou as principais diferenças entre ambos.

MEI é apropriado para mim?

Como o próprio nome indica, o Microempreendedor Individual é um indivíduo empresário que exerce uma atividade econômica em seu próprio nome. Então, se você busca ser o seu próprio chefe ou prestar serviços como freelancer, essa é a categoria mais apropriada para você. Entretanto para saber se a profissão se enquadra como MEI, basta conferir a tabela de  Atividades de prestação de serviços permitidas para MEI. O MEI (Microempreendedor Individual) foi criado para agilizar e facilitar todo o processo burocrático, para assim, ajudar aqueles que trabalhavam informalmente e precisavam declarar seus impostos e ter direitos previdenciários. 

A abertura é gratuita, rápida e prática, não sendo necessário contratar um profissional para auxiliá-lo, se assim for do seu interesse. As taxas cobradas mensalmente para prestar contas anualmente são fixas.

Em suma, os pré-requisitos para se tornar MEI são os seguintes: 

  • Faturamento de até R$81.000,00 anual;
  • Possuir no máximo 1 prestador de serviço;
  • Não ser sócio, administrador ou titular de outro negócio;
  • Enquadrar-se nas atividades de prestação de serviços permitidos.
  • Abertura online, gratuita, taxas fixas;

Mas e o Simples Nacional?

O Simples Nacional foi criado em 2006 para auxiliar micro e pequenas empresas. Seu propósito é auxiliar com o “acerto de contas” anual das empresas. Na prática, o processo de abertura do Simples Nacional é mais complicado e requer o  auxílio de um profissional, se possível. Em seu passo a passo, é necessário realizar um contrato social ou requerimento de empresário. Ainda em dúvida? Confira abaixo os requisitos para abrir um Simples Nacional: 

  • Faturamento que ultrapasse R$81.000,00, mas que não deve superar R$480.000,00 no caso de microempresas ou R$4.800.800 quando se trata de pequenas empresas
  • Tributos que variam de acordo com o faturamento anual;
  • Os sócios não podem residir no exterior;
  • Os sócios não podem ser titulares, administradores ou sócios de outro negócio de diferente regime tributário;
  • Simples Nacional precisa do relatório e de um profissional da contabilidade responsável.

MEI e Simples Nacional são a mesma coisa?

A resposta é não. O MEI na verdade faz parte e está dentro do Simples Nacional, mas as categorias não são a mesma coisa. A modalidade MEI, por exemplo, foi criada em 2008 por uma Lei Complementar e um dos seus pré-requisitos é o microempreendedor ter faturamento anual de até R$81.000,00, cerca de R$6.700,00 por mês. Já para abrir um Simples Nacional, é necessário que o faturamento anual ultrapasse R$81.000,00, e essa é uma modalidade tributária para microempresas e pequenas empresas.

Para profissionais que têm interesse em anunciar seus serviços no GetNinjas, primeiro é necessário realizar um cadastro, que é validado após uma conferência feita pelo app. Ao ingressar na plataforma, o profissional pode adquirir um pacote de moedas. A partir das informações disponibilizadas pelos clientes que entram na plataforma solicitando um serviço, o profissional pode escolher qual cliente atender e ver os detalhes do pedido previamente sem nenhum custo e, caso tenha interesse para atender aquela oportunidade, ele pode utilizar algumas moedas do pacote adquirido para liberar o contato do cliente. A negociação é realizada fora do app e diretamente entre o profissional e o cliente, sendo que o valor cobrado pelo serviço vai 100% para o profissional.

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Disponível nas plataformas digitais – Android, iOS e web, o GetNinjas é um aplicativo de serviços que conecta profissionais a potenciais clientes em todo o Brasil, listado no Novo Mercado da B3 (NINJ3).

Comentários estão fechados.