MEI: veja como participar da Semana do Microempreendedor Individual

0

O Microempreendedor Individual (MEI) é a categoria voltada àqueles que têm o sonho de abrir seu próprio negócio, ou que viram no empreendedorismo a oportunidade de ganhar uma renda extra.

Em 2020, o número de trabalhadores registrados nesta categoria cresceu consideravelmente, em relação a 2019. 

Segundo dados do Ministério da Economia, no fim do terceiro quadrimestre de 2020, existiam, no Brasil, 11.262.383 MEIs ativos, o que corresponde à 56,7% do total de negócios em funcionamento no país.

Então, para orientar os novos empreendedores ou aqueles que querem saber mais sobre esta categoria, o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) está preparando várias atividades para mais uma edição da Semana do MEI

Pelo segundo ano, o evento gratuito será realizado de forma online entre os dias 10 e 14 de maio. Nesta edição, o tema será “uma nova visão para o futuro do seu negócio”.

Para saber mais sobre o evento, continue conosco e veja como participar. 

O que é MEI?

Se você quer abrir seu negócio mas ainda não conhece a categoria MEI, saiba que esta é uma classificação de empresa criada no Brasil para regularizar de forma simplificada a situação de muitos empreendedores que antes eram considerados trabalhadores informais.

Designed by Flamingo Images / shutterstock
Designed by Flamingo Images / shutterstock

Desta forma, quem quer começar um negócio ou já trabalha por conta própria e fatura até R$ 81 mil por ano pode ser um microempreendedor individual.

Além disso, a atividade desenvolvida pelo empreendedor também precisa estar entre aquelas que são permitidas ao MEI e o interessado em se tornar um MEI não pode participar como sócio, administrador ou titular de outra empresa. 

Como participar? 

O evento nacional conta ainda com a parceria dos estados para garantir a programação exclusiva, conforme cada região.

Desta forma, serão promovidas diversas palestras, oficinas e seminários para melhorar os negócios, além de orientação empresarial com empreendedores de sucesso e grandes especialistas de mercado.

Assim, as atividades serão sobre temas: gestão, inovação e finanças, obrigações e benefícios do Microempreendedor Individual.

Para participar, é preciso fazer a pré-inscrição online através do site do Sebrae. O endereço é www.sebrae.com.br/semanadomei.

Depois, o Sebrae entrará em contato com o participante para confirmar a inscrição e repassar mais informações sobre a Semana do MEI. 

Benefícios 

Antes de participar do evento, você deve estar curioso para saber o que esta categoria tem a oferecer.

Então, já adiantamos que, além de ter acesso facilitado à inscrição que é realizada pelo Portal do Empreendedor, o MEI possui menos impostos para pagar.

A contribuição varia conforme o tipo de atividade desenvolvida pelo empreendedor, desta forma, veja quais são os valores para 2021:

  • Comércio e Indústria – R$ 56,00 (INSS + ICMS)
  • Serviços –  R$ 60,00 (INSS + ISS)
  • Comércio e Serviços – R$ 61,00 (INSS + ICMS/ISS)

Então, ao fazer o registro o empreendedor passa a contribuir para o INSS/Previdência Social, o que garante principalmente a cobertura da Previdência Social ao empreendedor.

Sendo assim, ele têm acesso aos seguintes benefícios que também se estende aos seus dependentes: 

  • Auxílio-maternidade;
  • Aposentadoria por idade;
  • Aposentadoria por invalidez;
  • Auxílio Reclusão,
  • Pensão por morte
  • Auxílio – doença. 

Além disso, o MEI que mantém sua empresa regular também pode emitir notas fiscais para a venda de seus produtos ou serviços, além de poder contratar um funcionário para auxiliar nas demandas do empreendimento.

O empreendedor também passa a contar com várias ferramentas para garantir o desenvolvimento do seu negócio, como por exemplo, o acesso facilitado à abertura de conta como pessoa jurídica e linhas de crédito e financiamento. 

Dica Extra do Jornal Contábil: MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio.  Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar. 

Já imaginou economizar de R$ 50 a R$ 300 todos os meses com toda burocracia, risco de inadimplência e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta.

E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio. 

Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

Por Samara Arruda